Vitru (VTRU3) quer captar R$ 850 milhões com debêntures após migração para B3

A companhia, que reúne a Uniasselvi e a Cesumar, quer usar os recursos para reforçar o caixa e amortizar dívidas

A empresa de educação Vitru (VTRU3) iniciou uma oferta de debêntures que deve movimentar R$ 850 milhões. A companhia, que reúne a Uniasselvi e a Cesumar, quer usar os recursos para reforçar o caixa e amortizar dívidas.

Os papéis terão prazo de cinco anos e serão emitidos em série única.

Além disso, os investidores também receberão parcelas de amortização semestrais a partir do terceiro ano. A taxa dos títulos ainda será definida. A Vitru quer pagar, no máximo, o equivalente a CDI mais 2%.

Atuam na oferta o Bradesco BBI, como coordenador líder, Itaú BBA, BV e UBS BB.

A Vitru migrou no início do mês suas ações da Nasdaq para a B3.

Com informações do Valor Econômico

Leia a seguir

Leia a seguir