Time For Fun (SHOW3) fecha em forte queda; empresa deixa de organizar Lollapalooza Brasil

A empresa anunciou que terminou o contrato de dez anos para realização do festival

As ações da Time For Fun (SHOW3) fecharam com queda de 15,08, cotadas na faixa de R$ 1,69, a maior desvalorização no mercado na sessão desta quinta-feira (30). A empresa anunciou que terminou o contrato de dez anos para realização do festival Lollapalooza no Brasil e a C3 Presents, dona do festival, decidiu não renová-lo.

A americana Live Nation, controladora da C3 Presents, optou por centralizar a operação de todos os seus festivais no Brasil com a Rock World, organizadora do Rock in Rio, onde também detém participação majoritária.

Time for Fun segue com outros projetos

A Time For Fun afirma, em nota, que seguirá com atuação intensa no setor de festivais. Do mesmo modo, a empresa diz que utilizará marcas próprias e firmando novas parcerias para a construção e consolidação de outros eventos.

Ademais, a marca agora é detentora dos direitos de organização do Primavera Sound Festival. A primeira edição brasileira aconteceu no Distrito Anhembi, Zona Norte de São Paulo, em novembro de 2022. Em contrapartida, a Live Nation, mesma empresa agora detentora dos direitos do Lollapaloooza no Brasil, era responsável pelo evento.

A edição mais recente do Lollapalooza Brasil ocorreu no último fim de semana. Ao mesmo tempo, ela atraiu 302,6 mil pessoas em três dias no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. A organização foi marcada por novas denúncias de trabalho escravo.

Por fim, os papéis da empresa caem quase 30% no acumulado em 2023. Na última semana, a companhia reportou um prejuízo líquido de R$ 14,9 milhões no 4º trimestre de 2022.

Leia a seguir

Leia a seguir