Morning call: prévia da inflação de junho e tudo o que você precisa saber antes do mercado abrir

Confira mais informações sobre o que o investidor deve prestar atenção

O morning call de hoje indica que o principal evento econômico do dia será a divulgação da prévia da inflação medida pelo IPCA-15 do IBGE.

Mas há uma série de informações importantes para o investidor que resumimos a partir de agora. No entanto, antes vale lembrar que a bolsa de valores fechou em queda de 0,25%, aos 122,3 mil pontos.

Morning call: no que prestar atenção

Sabesp (SBSP3): freio na privatização

Então, nesta terça-feira o desembargador Roberto Solimene, do Tribunal de Justiça de São Paulo suspendeu com uma liminar a validade da lei municipal de Guarulhos que autorizava a privatização da companhia de saneamento.

Assim, Guarulhos é a segunda maior cidade do estado de São Paulo e a notícia pode trazer preocupação extra sobre eventuais riscos à privatização. Quer saber mais? Clique aqui.

Vale (VALE3): captação importante

Então, a companhia de mineração captou US$ 1 bilhão com uma oferta de dívida em dólar.

A demanda ultrapassou e muito a oferta. E os papeis vencem em 30 anos. Toda notícia envolvendo a mineradora é acompanhada de perto pelo mercado dado o peso da Vale no Ibovespa. Para saber mais detalhes clique aqui.

Bradesco (BBDC4): momento de transformação

O CEO do Bradesco (BBDC4), Marcelo Noronha, destacou nesta terça-feira que o banco vive uma grande transformação e que a área de produtos da instituição financeira implodiu. Há uma mudança importante em curso no Bradesco, que luta para recuperar o protagonismo de outros tempos. Confira mais da fala do executivo.

Morning call: como foi o fechamento nos Estados Unidos

As bolsas de Nova York fecharam sem direção única nesta terça-feira, em pregão que sofreu com um apetite baixo dos investidores por ações com exceção dos papéis do setor de tecnologia, em especial de empresas ligadas à inteligência artificial (IA) generativa, que retomaram o caminho dos ganhos após uma forte correção nos últimos dias.

Com menor concentração das techs americanas, o índice Dow Jones fechou em queda de 0,76%, a 39.112,16 pontos. Já o S&P 500 subiu 0,39%, a 5.469,30 pontos, e o Nasdaq avançou 1,26%, a 17.717,65 pontos.

O salto de 6,76% da Nvidia foi o principal impulsionador para os ganhos dos dois últimos índices hoje.

A gigante de tecnologia e principal fabricante de chips para a IA generativa entrou em território de correção ontem ao registrar um recuo de mais de 10% em relação a sua máxima histórica.

Entre outros papéis ligados à IA, a Micron fechou em alta de 1,52% e a Super Micro Computers avançou 1,95%.

Leia a seguir

Leia a seguir

Fechamento da Ásia

Os principais índices acionários da Ásia encerraram o dia em alta, pegando impulso nos ganhos de papéis de empresas fabricantes de chips, que se beneficiaram da recuperação das ações da Nvidia em Wall Street na sessão anterior.

China continental

Na China continental, o índice Xangai Composto subiu 0,80%, para 2.972,53 pontos. Os investidores estão procurando novos catalisadores para o mercado acionário chinês, incluindo a importante reunião política de julho do Partido Comunista. Entre as principais ações, a SMIC teve alta de 2,0% e o Naura Technology Group subiu 1,6%.

Hong Kong

Já em Hong Kong, o índice Hang Seng subiu 0,1%, para 18.089,93 pontos, liderado por ações relacionadas à tecnologia e ao consumo. As empresas que avançaram foram a China Mengniu Dairy, que subiu 5,0%, e a Budweiser Brewing Co. APAC, que teve alta de 4,5%.

Bolsa de Seul

Por sua vez, o índice Kospi, da bolsa de Seul, subiu 0,6% para fechar em 2.792,05 pontos, revertendo as perdas iniciais. As ações de empresas fabricantes de semicondutores estiveram mais altas, liderando a recuperação. A SK Hynix, fabricante de chips de memória, subiu 5,3%, e a Hanmi Semiconductor ganhou 4,0%.

Tóquio e Índia

Em Tóquio, o índice Nikkei subiu 1,3%, para 39.667,07 pontos, maior nível em dois meses, já que um iene fraco aumentou as expectativas de crescimento dos lucros. A Advantest subiu 7,0% e a Tokyo Electron ganhou 3,6%.

Na Índia, o índice Sensex subia 0,78%, a 76.661,50 pontos, por volta das 06h40 (de Brasília), com os ganhos das ações industriais e financeiras ajudando a compensar as perdas das ações do setor automotivo e siderúrgico. A Larsen & Toubro subiu 0,8% e o ICICI Bank subiu 0,7%.

Com informações do Valor Pro