EUA: Inflação do PCE desacelera para 4,2% em março; núcleo avança acima da expectativa na comparação anual

O núcleo do índice, que exclui os voláteis itens de energia e alimentos, avançou 4,6%, um pouco acima do aumento previsto por analistas

O índice de preços de gastos com consumo (PCE, na sigla em inglês) dos Estados Unidos avançou 0,4% em abril após alta de 0,1% em março, segundo dados divulgados pelo Departamento do Comércio do país. Em 12 meses, o índice avançou 4,4% em abril ante os 4,2% registrados em março. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (28) pelo Departamento do Comércio do país. O PCE veio acima da projeção de mercado, que esperava PCE de 0,3% na leitura mensal e de 4,6% na anual.

Núcleo do índice

Já o núcleo do índice, que exclui os voláteis itens de energia e alimentos, avançou 0,3% na base mensal, como esperado. Na comparação com março de 2022, contudo, houve alta de 4,6%, um pouco acima do aumento de 4,5% previsto por analistas consultados pelo “The Wall Street Journal”.

A renda pessoal dos americanos avançou 0,3% em março ante fevereiro, também 0,1 ponto percentual a mais que o esperado pelos analistas do mercado. Já os gastos com consumo ficaram estáveis no período, confirmando a previsão dos economistas.

O Departamento do Comércio dos EUA ainda revisou os números dos gastos com consumo de fevereiro, que passaram de alta de 0,1% para avanço de 0,2%.

Leia a seguir

Leia a seguir