Caged: Brasil abre 241.785 vagas de trabalho com carteira assinada em fevereiro

Serviços lideram a criação de postos formais no mês; salário médio de admissão recua

O mercado de trabalho brasileiro registrou abertura líquida de 241.785 vagas com carteira assinada em fevereiro. Os dados fazem parte do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e foram divulgados nesta quarta-feira pelo Ministério do Trabalho.

No segundo mês do ano, foram registradas 1.949.844 admissões contra 1.708.059 desligamentos.

O resultado líquido de fevereiro foi pior do que o de fevereiro do ano passado, quando houve abertura líquida de 353.294 postos.

Serviços lideram

Quatro setores da economia tiveram abertura líquida de postos formais de trabalho em fevereiro, de acordo com o Caged.

Houve abertura líquida em: serviços (164.200); agropecuária, produção florestal, pesca e aquicultura (16.284); indústria de transformação (37.190); construção (22.246).

No entanto, houve fechamento líquido em comércio, reparação de veículos automotores e motocicletas (-1.325).

Já o salário médio de admissão de novos empregados com carteira assinada ficou em R$ 1.978,12 em fevereiro. Em janeiro, estava em R$ 2.028,27.

Enquanto isso, o salário médio de demissão ficou em R$ 2.064,29 em fevereiro, contra R$ 2.050,64 um mês antes.

Leia a seguir

Leia a seguir