Receita: Arrecadação soma R$ 159 bi em fevereiro, a maior para o mês em termos reais

Sem correção inflacionária, a arrecadação mostrou alta de 6,95% no mês passado

A arrecadação federal de impostos alcançou R$ 158,995 bilhões em fevereiro e registrou alta real de 1,28%, sempre na comparação com o mesmo período do ano anterior. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira pela Receita Federal do Brasil (RFB). No acumulado deste ano, a arrecadação atingiu por sua vez R$ 410,739 bilhões, alta, sempre na comparação com o mesmo período de 2022, de 1,19%.

Nos números atualizados pela inflação, o resultado de fevereiro foi o melhor para o mês em toda a série histórica, com início em 1995. O acumulado dos dois primeiros meses do ano também foi o melhor resultado.

Sem correção inflacionária, a arrecadação mostrou alta de 6,95% em fevereiro.

Considerando somente as receitas administradas pela RFB, houve alta real de 1,14% no mês passado, somando R$ 153,033 bilhões. No ano, as administradas somaram R$ 387,964 bilhões, alta real de 1,76%.

Já a receita própria de outros órgãos federais (onde estão os dados de royalties de petróleo, por exemplo) foi de R$ 5,962 bilhões no mês passado, alta real de 4,9%. No ano, a arrecadação de outros órgãos alcançou R$ 22,775 bilhões, queda real de 7,51%.

Leia a seguir

Leia a seguir