Apostas eletrônicas: governo espera arrecadar até R$ 15 bi com tributação

Cobrança deve vir dentro de pacote de medidas para alavancar as receitas

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, afirmou em entrevista ao programa Estúdio i, da Globonews, que o pacote de medidas para alavancar receitas e fazer frente à implementação do novo Arcabouço Fiscal inclui alterações na cobrança de CSLL para corrigir distorções que acabam reduzindo a arrecadação da União, o combate ao contrabando em comércio eletrônico e a tributação das apostas eletrônicas.

Segundo o ministro, com essa última medida a União pode arrecadar entre R$ 12 bilhões e R$ 15 bilhões. As projeções iniciais eram de que as chamadas “sport betting” poderiam render cerca de R$ 6 bilhões.

O ministro voltou a afirmar que são necessários cerca de R$ 150 bilhões adicionais para atender os parâmetros do novo arcabouço e reclamou de parte das críticas recebidas ao desenho da nova regra fiscal.

“Alguns se referem como se estivéssemos começando o jogo agora. Mas estamos há 10 anos aí cometendo erros”, disse. Segundo ele, o ex-presidente Jair Bolsonaro “colocou fogo no orçamento federal” na tentativa de reverter o cenário eleitoral, sem sucesso.

Leia a seguir

Leia a seguir