Diretoria da Petrobras (PETR3;PETR4) vai revisar processos de desinvestimentos

Em comunicado, Petrobras diz que diretores devem analisar desinvestimentos não assinados à luz do Plano Estratégico da companhia

A Petrobras (PETR3;PETR4) informou ao mercado nesta segunda-feira que a diretoria executiva da empresa vai revisar processos de desinvestimentos não assinados no âmbito dos ajustes ao Plano Estratégico da companhia do quadriênio 2023 a 2027.

A decisão está dentro do encaminhamento que o conselho de administração da Petrobras deu ao ofício enviado pelo Ministério de Minas e Energia (MME) em que pedia a reavaliação do programa de venda de ativos da companhia.

Na última semana, o colegiado reiterou que operações que estão em processo de assinatura e fechamento de contratos terão seus termos, direitos e obrigações plenamente cumpridos.

Ofício pedia suspensão de venda de ativos em 90 dias

No dia 1º de março, a Petrobras confirmou o recebimento de um ofício do Ministério de Minas e Energia, assinado por Alexandre Silveira, à frente da pasta, que pedia a paralisação na venda de ativos da companhia por 90 dias.

Na mensagem, Silveira pedia que a Petrobras suspendesse novos processos de desinvestimento feitos pela empresa, “desde que esta providência não coloque em risco os interesses intransponíveis” da estatal.

O ofício de Silveira ainda exigia que a Petrobras enviasse documentos “pertinentes referentes aos processos de desinvestimento”, desde que o envio obedecesse às regras de sigilo e regência de fornecimento de dados da estatal.

Ações da Petrobras (PETR3;PETR4) tem alta nesta segunda-feira

Nesta segunda-feira (3), devido à alta nos preços do barril de petróleo Brent após notícias de cortes de produção diária do conglomerado OPEP+, as ações ON (PETR3) e PN (PETR4) da Petrobras registram alta na bolsa de valores. Às 10h32, PETR3 subia 2,15%, enquanto os ganhos de PETR4 alcançam quase 2%.

Leia a seguir

Leia a seguir