Comitê da Petrobras (PETR3; PETR4) vê problemas em nomes indicados a conselho pelo governo

Companhia informou que relatórios internos levantaram questões sobre Pietro Mendes, Bruno Moretti e Sergio Rezende

A Petrobras (PETR3; PETR4) informou que os relatórios internos elaborados para apoiar a decisão do Comitê de Pessoas e Elegibilidade da companhia “apresentaram apontamentos” a respeito das indicações de Pietro Mendes, Bruno Moretti e Sergio Rezende ao conselho de administração.

Segundo a companhia, as indicações vão de encontro com dispositivos da Lei das Estatais e do seu Estatuto Social sobre ocupação de cargos públicos, atuação em liderança de partidos políticos e também como fornecedor ou comprador de bens e serviços.

No entanto, a Petrobras afirma que o comitê ainda não emitiu manifestação a respeito das indicações feitas pela União, tendo se reunido no fim da última semana para analisar a documentação que estava disponível até aquele momento.

Por conta da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que suspendeu pontos da Lei das Estatais, o comitê pediu que o departamento jurídico da Petrobras se manifestasse sobre os eventuais impactos na companhia e vai se manifestar sobre as indicações quando as incertezas jurídicas forem sanadas.

Quando for feito, a manifestação do comitê será enviada ao conselho de administração da Petrobras para análise sob os requisitos legais, regulamentares e estatutários e posterior divulgação aos acionistas na proposta da assembleia geral ordinária que acontecerá mês que vem.

Leia a seguir

Leia a seguir