Vale: Produção de minério de ferro avança para 66,7 milhões de toneladas no 1º tri, alta de 5,8%

Apesar da produção, as vendas caíram 10,6% na comparação com ano anterior

A Vale elevou sua produção no primeiro trimestre na comparação com o mesmo período de 2022, mas as restrições de carregamento no Terminal Ponta da Madeira diante das chuvas, além da manutenção não programada de equipamentos e o rebalanceamento de estoques ao longo da cadeia produtiva limitaram as vendas da companhia no período.

Segundo o relatório de Produção e Vendas da mineradora, no período entre janeiro e março, a Vale produziu 66,7 milhões de toneladas de finos de minério de ferro, uma alta de 5,8% na comparação com o mesmo período do ano passado, mas vendeu 45,8 milhões de toneladas, uma queda de 10,6% ante o três primeiros meses de 2022.

Apesar da queda nas vendas, a mineradora afirmou que “espera compensar esse impacto no segundo semestre, mantendo seu plano anual de vendas inalterado.”

Nas pelotas, houve avanço tanto da produção, quanto das vendas. A produção entre janeiro e março deste ano somou 8,3 milhões de toneladas, o que significou um crescimento de 20,1% na comparação com o primeiro trimestre do ano passado, enquanto as vendas cresceram 16%, para 8,1 milhões de toneladas.

Em termos de preço realizado, houve queda de 23,2% nos finos de minério no primeiro trimestre frente a igual período do ano passado, para US$ 108,6 por tonelada, enquanto nas pelotas o recuo foi de 16,5%, para US$ 162,5 a tonelada.

Leia a seguir

Leia a seguir