Melhores e piores investimentos de março: Bitcoin lidera e Ibovespa fica na lanterna

O bitcoin liderou também os ganhos trimestrais, com alta de 64,64%

O inverno cripto parece ter ficado para trás, e o resultado disso foi a valorização do bitcoin, que se apresenta como a aplicação – entre as mais famosas – que teve maior rentabilidade ao longo do mês de março: a alta foi de 19,85% no período, segundo dados do TradeMap.

O ouro é outro investimento de destaque no mês, com alta de 4,61%. Já o índice BDRX – de certificados de ações estrangeiras – fecha a lista de três melhores com valorização de 2,99%.

Na ponta de baixo, o Ibovespa puxa as quedas, com desvalorização de 2,91% no mês. O Dólar Ptax, com recuo de 2,45%, e o Índice de Dividendos (IDIV), que perdeu 2,02%, são as aplicações com maiores quedas no mês entre as observadas pelo TradeMap.

Resultados do primeiro trimestre

O bitcoin liderou também os ganhos trimestrais, com alta de 64,64%, seguido pelo BDRX, com valorização de 8,73%, e o ouro, que fechou o período com alta de 5,30%.

No terreno negativo o índice de Small Caps, com recuo de 9,51, teve o pior desempenho. O Ibovespa, com queda de 7,16%, vem em seguida. O índice de dividendos (IDIV) com queda de 4,08% fecha a lista.

Leia a seguir

Leia a seguir