Melhores e piores da bolsa: Controladora da Gradiente lidera altas depois de aporte do BTG; Oi perde mais de 30%

A Americanas interrompeu a sequência de sete altas seguidas e voltou a ficar entre as piores do dia: veja a lista das maiores altas e quedas da B3

As ações da IGB Eletrônica, controladora da Gradiente, empresa em recuperação judicial, teve um dia de ganhos importante na bolsa. A empresa subiu mais de 30% no pregão, revertendo as perdas que tinha acumulado ao longo de 2022.

Com o resultado, os papéis da empresa saltaram para R$ 55,99 e passaram a registrar alta de mais de 29% em 12 meses.

A alta acontece depois de a empresa anunciar, nesta quinta, que o valor da companhia será atualizado com a oferta pública de ações. Isso deve acontecer depois que for concluída a venda de créditos tributários ao banco BTG, que vai acrescentar ao caixa parte dos R$ 120 milhões pagos pelo banco.

Oi derrapa durante recuperação judicial

Na ponta negativa, outras duas empresas em recuperação judicial: Oi e Americanas. A Oi colocou dois tickers entre os piores do dia, com as quedas acentuadas das ações preferenciais e ordinárias da companhia.

O movimento aconteceu após a empresa confirmar que entrou com pedido de tutela de urgência cautelar na Justiça do Rio de Janeiro, no contexto das discussões e tratativas com credores da empresa, envolvendo uma potencial renegociação de certas dívidas.

Americanas interrompe sequência

A Americanas interrompeu uma sequência de sete altas consecutivas ao cair mais de 17% na sessão, com as ações valendo R$ 1,72. A empresa afirmou ao mercado que as oscilações das ações não estão relacionadas a nenhuma novidade com relação à recuperação judicial, e que se trata mais do resultado da ação de especuladores sobre os seus papéis em um momento bastante nebuloso.

Nesta quinta, o Bradesco BBI afirmou que a Americanas já começa a sentir o avanço das concorrentes sobre nacos do mercado que antes pertenciam a ela, com destaque para o Magazine Luiza, que mais tem se beneficiado da crise da concorrente. O Magalu registrou a maior alta do Ibovespa em janeiro, mês que foi deflagrada a crise da Americanas.

Confira as melhores ações do dia

  • IGB (IGBR3) +33,30%
  • Gol (GOLL4) +13,11%
  • Mobly (MBLY3)
  • PDG (PDGR3) +7,69%
  • Azul (AZUL4) +7,14%

Veja as piores do pregão

  • Oi (OIBR3) -31,77%
  • Oi (OIBR4) -27,55%
  • Americanas (AMER3) -19,61%
  • Saraiva (SLED4) -8,53%
  • BRF (BRFS3) -7,70%