Itaú: a resposta de Maluhy Filho sobre o pagamento de dividendos

Em evento do banco, presidente falou de ciclo de crescimento e competição entre incumbentes e digitais

O presidente do Itaú Unibanco (ITUB4), Milton Maluhy Filho, destacou nesta quarta-feira (19) que, com as informações disponíveis hoje, o banco acredita que fará mais um pagamento extraordinário de dividendos. “Prefiro ter pagamentos extraordinários recorrentes de dividendos do que definir ex-ante payout mais alto”, disse em evento com investidores.

Maluhy afirmou ainda que não quer um capital de 12% apenas “na foto”, mas sim nos próximos 12 meses. “A pior coisa é não ter capital no momento que precisa crescer.”

Ciclo de crescimento

Também no Itaú Day 2024, Milton Maluhy Filho disse que a instituição não quer ter crescimento de poucos trimestres, mas de longo prazo.

“Nossa palavra de ordem é crescer com qualidade, não queremos ter ciclo de curto prazo, com crescimento vertiginoso, e depois ficar dois, três anos explicando custo do crédito”, disse em evento com investidores.

Maluhy disse que não dá para falar de crescimento sem observar o cenário macroeconômico.

“As carteiras de crédito têm correlação direta com o PIB. E temos que crescer de forma sustentável.”

Ele afirmou ainda que continua confiante para o “guidance” (projeções) para o ano.

Competição

O presidente do Itaú disse ainda que há uma tendência de simplificar a discussão sobre competição entre incumbentes e digitais. Para ele, no entanto, essa não é a melhor forma de debater o tema.

Em evento com investidores, ele destacou que o Itaú está inserido em 19 países e tem “excelentes competidores em todos mercados de atuação”. “Teremos competidores novos que virão e nem conhecemos e isso faz parte da nossa jornada.”

De acordo com ele, o mais importante é estar preparado para competir. “E acho que nunca estivemos tão bem posicionados.”

Com informações do Valor Econômico

Leia a seguir

Leia a seguir