Dívida informada pela Americanas (AMER3) com debenturistas chega a R$ 4,99 bilhões

Porém, os valores não foram confirmados com os credores

A Americanas (AMER3) informou que possui uma dívida com debenturistas em que o valor é de cerca de R$ 4,99 bilhões. Por outro lado, este montante não foi confirmado com os credores. 

Vale saber que estes dados correspondem ao valor devido a três agentes fiduciários, que fazem a intermediação entre a Americanas e os investidores que possuem as debêntures.

Grandes dívidas

O maior valor, de R$ 2,04 bilhões, é devido à Vortx, que é agente da 18ª emissão da Americanas, realizada em outubro de 2022. O papel é negociado com o código LAMEA8.

Em seguida, aparece o Pentágono, com R$ 1,86 bilhão a receber. O agente fiduciário concentra seis emissões da Americanas (LAMEA2, LAMEA3, LAMEA4, LAMEA5, LAMEA6 e BTOW15).

A Oliveira Trust, que atuou na 17ª emissão, deve receber R$ 1,08 bilhão, conforme informado pela Americanas. Além das debêntures, a varejista possui dois bônus no exterior, emitidos com intermediação do Deustche Bank. O valor devido aos donos dos bonds é de R$ 6,68 bilhões, segundo a lista da Americanas.