Bolsas da Ásia fecham mistas após rali em Nova York

Os investidores continuam atentos aos desenvolvimentos no setor bancário e aos dados econômicos da região

Os principais índices acionários do continente asiático encerraram esta quinta-feira (30) seguindo caminhos mistos, com maior viés de alta, impulsionados pelo rali visto entre as bolsas americanas na quarta-feira.

Os investidores continuam atentos aos desenvolvimentos no setor bancário e aos dados econômicos da região.

Hong Kong

O índice Hang Seng, de Hong Kong, fechou a sessão em alta de 0,6%, a 20309,13 pontos, seguindo os ganhos crescentes da quarta-feira, na esteira do otimismo dos agentes com a decisão do Alibaba de reestruturar seus negócios. As ações da gigante de tecnologia subiram 2,5%.

Coreia do Sul

Na bolsa de Seul, o índice Kospi subiu 0,4%, para 2453,16 pontos, liderado por ganhos em ações de energia e semicondutores. Os ganhos do setor de tecnologia de Wall Street no “overnight” ajudaram a impulsionar o sentimento

China Continental

Na China Continental, o índice Xangai Composto fechou em alta de 0,7%, a 3.261,25 pontos, antes da divulgação dos dados oficiais do índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) de março, na sexta-feira. Os números estão sendo observados atentamente para avaliar a sustentabilidade e a força da recuperação econômica do país. O setor de energia e as empresas de consumo lideraram os ganhos da sessão.

Japão

Já na Bolsa de Tóquio, o índice Nikkei caiu 0,4%, para 27782,93 pontos, arrastadas por quedas nas ações financeiras, de tecnologia e de energia, já que continua uma incerteza entre parte dos investidores sobre a estabilidade do setor bancário global.

Leia a seguir

Leia a seguir