Bolsas da Ásia fecham mistas de olho em petróleo e decisão do BC da Austrália

A Opep+ anunciou que fará um corte na produção da commodity, o que impulsionou os ganhos do petróleo e de empresas do setor nas bolsas.

As principais bolsas do continente asiático encerraram a sessão seguindo caminhos mistos nesta terça-feira (4) com o mercado refletindo sobre o anúncio da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados.

A Opep+ anunciou que fará um corte na produção da commodity, o que impulsionou os ganhos do petróleo e de empresas do setor nas bolsas. Destaque também para decisão do banco central da Austrália (RBA), que manteve sua principal taxa de juros inalterada em 3,60%.

China Continental

Na China continental, o índice Xangai Composto subiu 0,5%, para 3.312,56 pontos. As mineradoras de metais preciosos estavam entre as de melhor desempenho, depois que os preços do ouro atingiram o maior nível em meses na sessão anterior.

Japão

Já na Bolsa de Tóquio, o índice Nikkei fechou em alta de 0,4%, a 28287,42 pontos, liderado por ganhos nas ações de energia e transporte, após fortes ganhos nos preços do petróleo, apesar de algumas perdas nas ações de eletrônicos.

Coreia do Sul

Na bolsa de Seul, o índice Kospi fechou com ganho de 0,3%, a 2480,51 pontos, também com o avanço das ações de energia. As ações de refino de petróleo e produtos químicos foram destaque.

Hong Kong

Já na Bolsa de Hong Kong, o índice Hang Seng terminou em queda de 0,7%, em 20274,59 pontos, uma vez que o sentimento foi prejudicado pelos dados do índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) de manufatura Caixin mais fracos do que o esperado para março.

As ações de empresas de tecnologia caíram, com alguns grandes nomes do setor recuando após uma recente série de ganhos.

Leia a seguir

Leia a seguir