BofA: Empresas que compõem Ibovespa devem ter mais uma temporada de retração no lucro

Banco coloca Vale, Petrobras e JBS entre destaques negativos do primeiro trimestre

As empresas que compõem o Ibovespa devem apresentar retração no lucro por ação pela quarta temporada de balanços consecutiva, em linha com a deterioração macroeconômica, com destaque negativo para Vale, Petrobras e JBS, diz o Bank of America (BofA).

Os analistas liderados por David Beker escrevem que o lucro por ação do Ibovespa no primeiro trimestre deve cair 31% na comparação anual e 17% sobre o período encerrado em dezembro. Já as receitas devem subir 6% sobre o mesmo período de 2022 e cair 7% sobre o quarto trimestre.

Retirando companhias de energia e materiais básicos da conta, o lucro por ação das companhias deve cair 27% na comparação anual, mas subir 25% sobre o quarto trimestre. As receitas devem subir 8% ante março do ano passado e cair 8% sobre o período encerrado em dezembro.

Nas empresas de materiais básicos, as tendências devem ser díspares entre os vários setores que a compõem. Gerdau deve ter resultados robustos, se aproveitando da retomada nos preços na América do Norte. Mineradoras também devem se beneficiar de melhores preços do minério, compensando volumes mais fracos.

Petróleo e gás, por sua vez, deve se beneficiar de maior produção durante o período entre janeiro e março, compensando a queda nos preços das commodities no primeiro trimestre. As distribuidoras devem ter margens melhores com um ambiente competitivo mais saudável.

Leia a seguir

Leia a seguir