Praia dos sonhos: te mostramos quanto custa uma viagem para as Maldivas

Você vai saber também como organizar as finanças para fazer a viagem

Se você sonha em conhecer as águas cristalinas do continente asiático, já deve ter se perguntado quanto custa uma viagem para as Maldivas. Nos últimos anos, o destino se tornou muito popular e também desejado. Ao mesmo tempo, esse é um dos lugares que, para aproveitar com conforto, é preciso fazer um bom planejamento financeiro. As Maldivas ficam no Oceano Índico. São 26 atóis em formato de anel, com mais de 1.000 ilhas de coral. O país é famoso por suas praias de águas cristalinas e lagoas azuis. 

“Basicamente, os itens que chamamos de estruturais e mais importantes para ir para as Maldivas são passagem aérea e hospedagem. Esse é um destino que não tem deslocamento entre ilhas, passeios históricos ou de compras”, explica Diana Carvalho, especialista em turismo e CEO da Mundo4e Viagens. 

Maldivas é um destino de luxo? 

Diana destaca que, antes de falar da escolha de hospedagem e outros itens, é importante entender que Maldivas não é um destino exclusivamente de luxo. “Existem algumas ilhas locais onde pequenos empreendedores têm casas ou pousadas mais simples com custos menores. Normalmente quem explora essas ilhas são mochileiros e viajantes de perfis mais aventureiros”, ressalta.  

Falando dos atrativos naturais, segundo a especialista, a vivência é a mesma para todos os viajantes. “A diferença em relação aos viajantes ‘de luxo’ é a experiência que eles vão ter nos hotéis e nos empreendimentos de grandes cadeias hoteleiras mundiais”, explica.  

Qual é o valor gasto para ir para as Maldivas?

Os gastos mais expressivos para uma viagem para as Maldivas incluem passagem aérea e hospedagem. “É interessante pontuar que não tem como chegar diretamente à Malé [capital das Maldivas] do Brasil. Além disso, é uma distância muito grande e com uma mudança de fuso enorme. Por isso, é interessante fazer uma parada antes. Para os brasileiros, as mais comuns são em Dubai ou Qatar”, explica Diana. 

Geralmente, segundo a especialista, os brasileiros optam por voar pelas companhias aéreas Qatar Airways ou Emirates. “A hospedagem nas Maldivas tem um preço bastante elevado. Sendo assim, as pessoas ficam entre 4 e 6 diárias. Por isso, fazer essa quebra em outro lugar é interessante para otimizar e aproveitar mais a viagem”, ressalta.  

Falando em hotéis nas Maldivas, a maioria não oferece um serviço all inclusive. “Geralmente servem café da manhã e as outras refeições à la carte. Muitos resorts têm restaurantes estrelados, com chefes premiados e com reservas antecipadas, tudo pago à parte”, explica Diana.  

Embora a moeda oficial seja a rúpia maldívia (MVR) o dólar é aceito em todos os lugares. Atualmente US$ 1 gira em torno de 15,3 MVR. 

Quanto custa uma viagem para as Maldivas? 

Quanto se trata de Maldivas, o céu é o limite. “Tudo é muito caro e de muita qualidade. Esse é um destino que tem hotéis e experiências premium e as experiências e luxo”, ressalta Diana.

De acordo com a especialista, uma viagem confortável para um casal, durante 5 ou 6 dias, custa a partir de R$ 50 mil com hospedagem e aéreo. Já nos hotéis ainda mais luxuosos, o pacote para dois não sai por menos de R$ 150 mil. “Já vendemos uma viagem completa para as Maldivas por R$ 500 mil”, conta. 

Como otimizar os gastos  

Por ser um destino de luxo, os valores serão mais altos, mas a boa notícia é que dá para otimizar os gastos. “De preferência, o ideal é começar a monitorar os preços de passagens um ou dois anos antes. Entrar em um programa para acumular milhas também é interessante. Assim, é possível reduzir os custos do aéreo”, ressalta Diana.  

Alguns hotéis nas Maldivas também permitem fazer a emissão de hospedagem por pontos. “Além disso, escolher um hotel muito bom, porém menos luxuoso e com um sistema all inclusive, pode ser interessante, já que é possível ter uma previsão dos gastos”, explica a especialista.