Novo presidente da Petrobras, crescimento do varejo, greve no Banco Central

Isabella Carvalho e Victor Vietti falam sobre o novo presidente da estatal, o crescimento inesperado do varejo em fevereiro e a greve dos servidos do Banco Central

No Manhã Inteligente desta quinta (14), os assuntos são a posse do novo presidente da Petrobras, o aumento das vendas do varejo, e a continuidade da greve dos servidores do Banco Central.

Petrobras perto de ter novo presidente

José Mauro Ferreira Coelho foi eleito como membro do conselho da Petrobras, e este é o primeiro passo para confirmar o novo presidente da companhia. Mas a ordem do processo é essa mesma: José Mauro precisa se tornar conselheiro antes de tomar posse como presidente da estatal, o que está previsto para hoje.

Greve de servidores do Banco Central continua

A greve dos servidores do Banco Central continua: com 80% dos votos, os servidores aprovaram a manutenção da greve por tempo indeterminado. A categoria está paralisada desde o dia 1º de abril. Os servidores do BC reivindicam a recomposição salarial de 26,3%, além da revisão do plano de carreira.

A greve já atrasa a divulgação de diversos indicadores e relatórios da autarquia, como o Boletim Focus. O movimento já afeta a publicação do Índice de Atividade Econômica do Banco Central de fevereiro, que estava marcada para hoje.

Vendas do varejo crescem em fevereiro

O IBGE divulgou ontem a sua Pesquisa Mensal de Comércio. O volume de vendas no varejo do país surpreendeu, e cresceu 1,1% em fevereiro em relação a janeiro, e 1,3% na comparação com o mesmo mês do ano passado. Por outro lado, Rodolpho Tobler, pesquisador do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas, acredita que a surpresa positiva em fevereiro não deve mudar as previsões negativas para o varejo no ano, pois o cenário macroeconômico é desfavorável.

Na análise de Alberto Ramos, economista-chefe do Goldman Sachs, alguns fatores devem gerar ventos contrários para a atividade de varejo nos próximos meses. Ele cita a inflação alta, os níveis recordes de endividamento das famílias e a confiança fraca do consumidor e das empresas.


Você também pode gostar
Valor Econômico Atualizado em 16.maio.2022 às 20h10
Magazine Luiza reverte lucro e tem prejuízo de R$ 161,3 milhões no primeiro trimestre

Rede afirma que o resultado reflete o aumento de despesas financeiras no período

2 min
Redação IF Publicado em 03.maio.2022 às 13h57
4 min
Manhã Inteligente Publicado em 29.abr.2022 às 14h42
Processo contra Vale nos EUA, novo país adota bitcoin, aumentos no varejo

Isabella Carvalho e Victor Vietti comentam o processo contra a Vale nos EUA pela tragédia de Brumadinho, aumentos no varejo e bitcoin na República Centro-Africana

Valor Econômico Publicado em 28.abr.2022 às 07h41
Nova onda de reajustes de preços avança na indústria e no varejo

Pressões estão em linha branca, alimentos e bebidas, e afetam o comércio eletrônico

6 min
Redação IF Publicado em 20.abr.2022 às 14h18
Carteira digital PicPay adiciona Shopee ao seu marketplace

Aplicativo de pagamentos conta atualmente com mais de 65 milhões de usuários

1 min
Redação IF Publicado em 19.abr.2022 às 17h12
Citi corta preços-alvo de Americanas, Magazine Luiza e Via com impacto dos juros

No caso de Magazine Luiza e Via, a fraqueza nas lojas físicas, impactadas pela crise macroeconômica, deve pressionar os números das companhias

2 min
Anne Dias Publicado em 19.abr.2022 às 15h33
Cortes do Manhã Inteligente: inflação impacta ações de varejo e bancos

A análise vale tanto para investimentos dentro quanto fora do Brasil

2 min
Leonardo Guimarães Atualizado em 15.maio.2022 às 21h22 Duração 6 min.
Duelo de ações: Via ou Magalu, em qual investir?

Conheça as características das duas gigantes do varejo

Redação IF Publicado em 14.abr.2022 às 19h16
Agência internacional mantém nota de crédito em brAAA para o Magazine Luiza

Otimismo veio da posição de caixa, melhora do capital de giro e expectativa de aumento do lucro operacional

3 min