Mitos e verdades sobre dívidas

Maju Marques conta cinco mitos e verdades sobre o que acontece quando não se paga boletos

Maju Marques conta 5 mitos e verdades sobre o que acontece quando não se paga boletos.

Tem como limpar o nome sem pagar a dívida? É mito! Senão a gente não tinha medo de fatura. É preciso regularizar o pagamento para ter baixa.

Em cinco anos a dívida caduca? Verdade. Dívidas com bancos e cartões caducam, seu nome sai do Serasa. Mas não se engane, tem que pagar. O que muda é que se consultarem seu nome não sabem que você deve na praça. E pode transferir dívida? Verdade! Existe a portabilidade de crédito, você troca a dívida de instituição caso ache alguma com taxas menores… É uma boa pra negociar!

O banco bloqueia sua conta? Mito. Mas leia o contrato, pode ter uma cláusula permitindo o uso do dinheiro em conta pra abater a dívida. E toda dívida é ruim? Não, é uma forma de pagamento. O problema é deixar de pagar e virar uma inadimplência. Aí é ruim mesmo. Dê atenção aos boletos e evite dor de cabeça.

Saiba mais sobre como lidar com as dívidas com estes conteúdos da IF:

O que fazer quando um parente pede dinheiro emprestado?

Quando um parente pede dinheiro emprestado, você fica diante de uma encruzilhada. Há possibilidade de se perder o valor ou a amizade. A família e as suadas economias são prioridade na vida de todos. E fica difícil optar por uma delas. “Receber um pedido de empréstimo de alguém que você ama pode causar desconforto”, diz Ashley R. Agnew, diretora de desenvolvimento de relacionamento da Centerpoint Advisors em Needham, Massachusetts, em reportagem à CNBC. Poucos estão preparados para tomar uma decisão rápida em uma situação como esta. Afinal, o futuro do relacionamento depende da resposta favorável – do ponto de vista do parente, claro.

O que fazer para se livrar de dívidas

De cada dez famílias brasileiras, quase oito estão endividadas. O dado foi constatado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), e já estava em patamares altos mesmo antes da pandemia de Covid-19. Inflação, juros altos e crédito cada vez mais caro exigem o dobro de cuidado na administração das contas e no pagamento das dívidas. Kelly Possebon, Head Educacional da Ativa Investimentos, conversou com a Inteligência Financeira para trazer cinco dicas que vão te ajudar a sair do vermelho.


Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 25.maio.2022 às 08h55
Inflação: pequenas mudanças driblam a disparada dos preços

Com regras simples, você vai tomar as melhores decisões para o seu bolso

Redação IF Publicado em 24.maio.2022 às 08h22
Busca por crédito aumenta 15% em abril; saiba como se livrar das dívidas

Grupo com renda de até R$ 500 por mês foi o que mais demandou por dinheiro

Valor Econômico Atualizado em 23.maio.2022 às 14h55
Os bônus estão desatualizados na era do conhecimento?

Hoje, mais funcionários de escritório colaboram em equipes para realizar tarefas complexas que exigem cooperação e criatividade

Henrique Silva Publicado em 20.maio.2022 às 16h51
Dinheiro deve ser assunto logo no primeiro encontro?

Caso da jornalista que recebeu planilha de gastos do "date" tem muito a ensinar

JOTA Atualizado em 21.maio.2022 às 07h47
Análise: Como mitigar os efeitos da inflação no seu bolso?

Correção dos rendimentos pela inflação os leva à faixa superior da tabela progressiva do IR

Redação IF Publicado em 20.maio.2022 às 09h28
Rio ou São Paulo: onde o aluguel é mais barato?

Se for para investir, cuidado. Até a poupança tem rentabilidade melhor do que a locação

Gustavo Zanfer Atualizado em 21.maio.2022 às 07h43
Como montar uma carteira de longo prazo?

É difícil, mas é importante ter uma estratégia financeira para daqui a alguns anos

Listas IF Atualizado em 18.maio.2022 às 17h29 Duração 1 min.
Pense bem antes de gastar no cartão de crédito

O que você pode fazer para gastar com sabedoria (e sem afobação)? Maju Marques dá quatro dicas para cuidar do seu dinheiro