Por que problemas longe do Brasil afetam os seus investimentos?

Como uma crise do outro lado do mundo pode afetar a vida das pessoas no Brasil? Cauê Fabiano explica como acontecimentos no exterior tem impacto nos seus investimentos

Como é que uma crise do outro lado do mundo pode afetar a vida e os investimentos das pessoas no Brasil? Não é de hoje que a gente sofre no bolso com o sobe e desce do dólar, com o aumento do preço do petróleo e até com a escassez de alimentos. Mas por que esse tsunami, que chega de muito longe, contribui com isso? Cauê Fabiano fala sobre esse assunto!

De um jeito ou de outro, o mundo está interligado. Seja pelo processo de importação ou exportação, seja pela variação cambial, seja por uma pandemia ou, como a gente tá vivendo, a mistura de tudo isso.

Só para dar um exemplo relacionado ao momento atual: o preço do petróleo disparou nos últimos tempos. O resultado é o aumento do combustível, que aumenta o valor do frete dos caminhoneiros, que afeta a distribuição de alimentos, fazendo a gente gastar muito mais por muito menos no supermercado.

A regra é clara: a escassez no mercado é sinônimo de valorização, de aumento dos preços. Com as empresas acontece o mesmo: se um setor está valorizado, como o de e-commerce que foi impulsionado pela pandemia, as ações das empresas do setor podem ser valorizadas. Mas se está em queda pode ser gravemente prejudicado, como aconteceu com o turismo no mesmo período.

Veja mais conteúdos sobre investimentos da Inteligência Financeira:

Como rebalancear minha carteira de investimentos?

Aumento dos juros, inflação, guerra, eleições polarizadas. No Brasil, e no mundo, são grandes os desafios para a economia. E você, investidor e investidora, olha para tudo isso e pensa: o que eu faço agora? Mexo nos meus investimentos? Ou ignoro tudo isso e sigo a vida? Afinal, qual é o melhor momento para repensar a carteira de investimentos?

Formado em Administração pelo Mackenzie e com MBA em Finanças pela USP, Márcio Bandeira é assessor da Guide Investimentos há mais de nove anos. Também acumula passagens por empresas como Ativa, Ágora e Unibanco.

A Inteligência Financeira é um canal jornalístico e este conteúdo não deve ser interpretado como uma recomendação de compra ou venda de investimentos. Antes de investir, verifique seu perfil de investidor, seus objetivos e mantenha-se sempre bem informado.


Você também pode gostar
Redação IF Atualizado em 30.jun.2022 às 18h48
Fleury compra Pardini e se aproxima da Dasa no setor de diagnóstico; fusão não altera perspectiva de crescimento, diz Itaú BBA

As ações da Pardini fecharam com alta de 18,99%, negociadas a R$ 19,99, e as da Fleury subiram 16,10%, cotadas a R$ 16,30

5 min
Redação IF Atualizado em 30.jun.2022 às 18h54
Ibovespa cai 11,50% em junho no pior mês para o mercado local desde março de 2020

Índice perde 5,99% no primeiro semestre; destaque no pregão de hoje, Fleury disparou 16,1% após assinar acordo de fusão com Pardini, que subiu 18,99%

Redação IF Publicado em 30.jun.2022 às 17h20
Dólar fecha em alta nesta quinta e avança 10% em junho

Com o resultado desta quinta, o dólar acumulou alta de 10,13% em junho. No ano, ainda tem desvalorização de 6,14% frente ao real

3 min
Redação IF Atualizado em 30.jun.2022 às 19h10
S&P 500 registra pior primeiro semestre desde 1970, Nasdaq cai quase 30% no semestre

O índice Nasdaq, que reúne empresas não financeiras e as de tecnologia, caiu mais de 20% nos últimos três meses, seu pior desempenho desde 2008

Glossário IF Publicado em 30.jun.2022 às 17h10
O que é o balanço patrimonial ou contábil de uma empresa?

Ele serve para mostrar se uma empresa está saudável ou não. Saiba mais no Glossário IF

José Eduardo Costa Atualizado em 30.jun.2022 às 18h59
Bitcoin registra sua pior perda trimestral em mais de uma década

No final da tarde desta quinta-feira o bitcoin registrava baixa de 58% de seu valor no segundo trimestre de 2022, a pior queda trimestral em mais de uma década