Como funcionam os ETFs? Como investir neles?

Esse ativo é uma ótima opção para quem quer diversificar sua carteira com um investimento prático e eficiente

Como funcionam os ETFs? Como investir neles?

Você quer diversificar sua carteira com um investimento prático e eficiente? Hoje é dia de falar de ETF, essas três letrinhas que tem chamado muita atenção de quem já investe quem quer começar a investir também. Eles são fundos compostos por diversos ativos negociados na Bolsa de Valores que acompanham índices de mercado como o Ibovespa ou até índices de cripto lá fora. 

Quem conversa com o Cauê Fabiano hoje, no intervalo do Jornal das 22h, na Globo News, é o professor Rodolfo Olivo, da FIA. Não perca a conversa do Cauê e saiba mais sobre esses ativos!

Saiba mais sobre ETFs aqui na Inteligência Financeira:

Conheça os EFTs mais rentáveis e saiba se o ativo funciona para o seu perfil

O número de pessoas físicas com ETFs  em seu portfólio permaneceu praticamente inalterado em junho, com 535.701 investidores, conforme boletim divulgado pela B3 . Contudo, o volume de dinheiro aplicado caiu de R$ 9 bilhões para R$ 8 bilhões – seja por desvalorização, ou por resgates.

Com isso, a participação de pessoas físicas no volume sob custódia passou de 22,1% em maio para 20,1% no mês passado. No total, o mercado brasileiro de ETFs somava R$ 40,1 bilhões em patrimônio líquido, sendo que a maior parte (74,9%) é de aplicações de investidores institucionais.

ETFs e fundos de investimento: parecem iguais, mas não são; conheça cada um deles

Os fundos de investimento são muito populares entre investidores que buscam diversificar  suas aplicações no mercado e estar expostos a diferentes graus de risco e rentabilidade. Da mesma forma, os ETF  trazem a proposta da diversificação, mas têm características diferentes das de um fundo tradicional. A Inteligência Financeira separou os principais pontos para guiá-lo neste tema.