Entenda como funcionam as debêntures

Ao investir nesse ativo, você empresta dinheiro para empresas para receber juros. Saiba mais sobre as debêntures no Glossário IF

Sabia que o seu dinheiro pode dar a maior força para muita empresa por aí? Sim, aquele dinheiro que você separa para os investimentos e acha que é pouco pode facilitar o financiamento dos projetos de uma empresa. Quem torna essa troca possível é um classe de ativos chamados debêntures.

Imagine que uma empresa precisa de dinheiro. Pode ser por qualquer motivo: para se expandir, pagar débitos ou investir em uma nova área, comprar equipamentos, se modernizar. Ao invés de recorrer ao banco, que costuma ter empréstimos com juros muito altos, a empresa pode lançar debêntures no mercado para captar recursos.

Ao comprar debêntures, você é remunerado ao receber os juros sobre o dinheiro que investiu. Você se torna uma espécie de credor da empresa. Ou seja, a empresa cria uma dívida com você e, ao invés de pagar para o banco, te paga os juros desse empréstimo.

No mundo dos investimentos, as debêntures lembram títulos públicos negociados no Tesouro Direto. Mas, ao invés de emprestar dinheiro para o governo, você empresta para uma empresa.

Os riscos das debêntures

É preciso lembrar que as debêntures são investimentos de renda fixa, que também tem riscos. Mas elas são mais seguras e previsíveis. E costumam ser uma aplicação com rentabilidade maior que muitos investimentos da categoria.

Porém, você precisa saber também que o ativo não conta com a proteção do FGC, o Fundo Garantidor de Crédito. Em alguns ativos de renda fixa, como CDB, o FGC garante que mesmo se a instituição em que você investiu quebrar, você ganha seu dinheiro de volta. Desde que seja de até R$ 250 mil reais por CPF ou por instituição.

Se você for se tornar um dono de debêntures, precisa estudar bem a solidez da empresa antes de colocar seu dinheiro. Assim, você garante que não vai tomar calote, e que está investindo em um negócio seguro, que vai honrar essa dívida.

Saiba mais sobre as debêntures no nosso vídeo do Glossário IF!


Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 07h41
Vivo emite R$ 3,5 bilhões em debêntures com metas ESG; saiba como funciona o investimento

A empresa firmou compromisso de elevar a participação de negros em cargos de liderança

Anne Dias Atualizado em 22.jun.2022 às 19h22
Dica do especialista: LCA, fundo DI e crédito privado de curto prazo têm liquidez e baixo risco

A ideia é ter alta liquidez, risco controlável e aproveitar a alta da Selic, porque o Copom já indicou que pode baixar os juros em breve

Redação IF Atualizado em 26.jun.2022 às 07h03
Gestores estão otimistas com a renda fixa; veja os ativos que podem bombar

Títulos atrelados à inflação e de crédito privado são os destaques

Redação IF Publicado em 09.maio.2022 às 16h55
Debêntures dominam os lançamentos no mercado de capitais

Levantamento da Anbima mostra que as emissões caíram 17% em um mês, e quase 5% no ano

Anne Dias Atualizado em 08.jun.2022 às 08h37
Dica do especialista: debêntures incentivadas com isenção de Imposto de Renda

Segundo Victor Vietti, do Itaú Unibanco, papéis pagam cupom acima da inflação

Redação IF Publicado em 14.abr.2022 às 07h35
Guararapes, dona da Riachuelo, fará oferta de R$ 900 milhões em debêntures

O público-alvo da oferta será composto exclusivamente por investidores profissionais