Alta dos juros no Brasil e nos EUA: qual é o impacto no seu bolso?

Saiba como a alta dos juros por aqui e nos Estados Unidos pode afetar seus investimentos

O Fed (Federal Reserve, banco central americano) aumentou a taxa básica de juros da economia dos Estados Unidos em 0,75 ponto percentual, para o intervalo de 1,5%-1,75% ao ano. Esse é o nível em que estavam os juros em março de 2020, no início da pandemia de Covid-19.

Como diversos países no mundo, os EUA estão sofrendo com a maior inflação em muito anos e têm usando de uma política monetária agressiva para tentar conter a escalada de preços. A elevação de hoje é a maior desde 1994.

Alta dos juros no Brasil já era esperada

Já aqui no Brasil, o Copom (Comitê de Política Monetária do Banco Central), aumentou a taxa Selic, que é a referência dos juros, para 13,25%. O aumento já era esperado pelo mercado e não deve gerar impactos surpreendentes na economia e nos investimentos.

Para saber um pouco mais sobre como a alta dos juros no Brasil e no Estados Unidos afeta seus investimentos, Isabella Carvalho, repórter da Inteligência Financeira, conversou com Caio Camargo, especialista de investimentos do Itaú Unibanco.

Ele explicou como esse movimento de alta dos juros nos dois países pode afetar as Bolsas de Valores, a renda variável, a renda fixa e outros ativos.

Veja mais conteúdos sobre a alta dos juros na Inteligência Financeira:

A renda fixa é a melhor opção com os juros em alta?

Os juros estão subindo e você deve estar pensando nela, a renda fixa . É uma classe de ativos que tem regras e prazos bem definidos. Tesouro Direto CDB , e LCI fazem parte da renda fixa. Ela funciona como um empréstimo. Ao aplicar nesse tipo de investimento, você empresta dinheiro para instituições, bancos e até mesmo para o governo. Mas é hora de entrar na renda fixa?

Hora da renda fixa? Como proteger seus investimentos

Não tem como fugir, a alta dos preços não sai das manchetes e da cabeça dos investidores. Esse aumento da inflação tem criado espaço para renda fixa  brilhar e sua ascensão é a história deste Papo de Finanças. A renda variável costuma ser a menina dos olhos de quem gosta de buscar uma maior rentabilidade, mas tem momento para todo mundo aparecer e Nina Silva conta por que tem sido a hora da renda fixa.

A Inteligência Financeira é um canal jornalístico e este conteúdo não deve ser interpretado como uma recomendação de compra ou venda de investimentos. Antes de investir, verifique seu perfil de investidor, seus objetivos e mantenha-se sempre bem informado.


Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 18h00
Ibovespa tem sessão de alta liderada por Petrobras e sobe 0,29% na semana

Entre as baixas, se destacaram empresas do setor de minério de ferro devido à preocupação com a retomada da China

1 min
Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 17h45
Juros futuros fecham em queda, em linha com taxas dos títulos públicos globais

Medo de recessão nos EUA pesou mais do que riscos fiscais no Brasil

1 min
Papo de Finanças Atualizado em 02.jul.2022 às 08h21
Como as eleições interferem nos seus investimentos?

De alguma maneira, seu bolso será afetado pelas eleições do fim do ano. O que pode acontecer? Nina Silva explica

Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 15h23
Track&Field anuncia programa de recompra de ações; conheça a estratégia

Muitos motivos levam uma empresa a realizar uma OPA, e você pode ganhar dinheiro com isso

6 min
Valor Econômico Publicado em 01.jul.2022 às 11h39
Análise: PEC dos Combustíveis dificulta o trabalho do Banco Central para baixar a inflação

O assunto novo levantado pelo Copom em junho é o risco de as medidas colocarem o pé no acelerador da economia, num momento em que a política monetária pisa no freio

4 min
Redação IF Atualizado em 01.jul.2022 às 15h13
Dólar dispara e supera R$ 5,33 com temores de recessão global no radar

Mercado também repercute aprovação de PEC que libera gasto bilionário às vésperas das eleições

2 min
Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 10h21
Criptomoedas iniciam julho no vermelho com bitcoin abaixo de US$ 20 mil

Bitcoin teve sua pior perda trimestral em mais de uma década

3 min
Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 08h43
2 min