Renda fixa: como funciona esse investimento?

Com os novos acontecimentos no cenário econômico os ativos de Renda Fixa começam a soar mais vantajosos. Eles são interessantes mesmo? Vale a pena investir?

Neste Papo de Finanças, Nina Silva e Maju Marques explicam o que é renda fixa, como ela funciona e tudo o que você precisa saber para investir nesse ativo com segurança.

Renda fixa é quando você empresta o seu dinheiro para alguém que precisa do dinheiro agora, e recebe de volta com juros lá na frente. Esse empréstimo pode ser para o governo, para uma empresa.

Essa classe de ativos se chama renda fixa justamente por ter uma rentabilidade mais previsível, tem regras e prazos bem definidos. Pode ser fixada em um percentual mensal ou seguir um índice. E é por isso que usamos os termos pré e pós fixados.

Se você compra um ativo de um título público, você está emprestando o seu dinheiro para que o governo federal consiga ter o valor em caixa para fazer um investimento em educação, ou concluir uma obra. Na hora da compra você tem que estar de acordo com o tempo para o resgate do seu investimento e com a taxa de juros que o governo vai precisar pagar em cima do seu dinheiro quando for te devolver. É aí que você pode lucrar.

No CDB, que é um título privado, funciona assim: você empresta para um banco ou instituição financeira usarem em outros empréstimos. Com debêntures, outro tipo de ativo de renda fixa, você empresta para uma empresa investir nela mesma, ou financiar um projeto, pagar as contas.

Poupança, altas dos juros e renda fixa

A poupança não é ruim, pelo menos é um movimento para fazer uma reserva de dinheiro, mas é uma das opções menos rentáveis do mercado. Existem aplicações de rendas fixas mais sedutoras.

Não é porque os juros estão subindo que a renda fixa vira alegria garantida, não é assim que funciona. Você pode escolher um investimento a longo prazo, mas ter um contratempo e precisar tirar antes.

Ou então, se você comprar um título privado e a empresa ou instituição financeira que você emprestou o seu dinheiro perde a capacidade de pagar por esse dinheiro na data do vencimento, o risco de perder dinheiro aumenta, porque o risco de a empresa não conseguir te pagar lá na frente aumenta também.

Quer saber mais sobre renda fixa e como ela funciona? Veja o Papo de Finanças!


Investir em quê? Encontre e compare investimentos de todo o mercado

Parceiro da Inteligência Financeira, o Investir em Quê? é sua fonte confiável para buscar onde investir com isenção, transparência e sem complicação

Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 25.maio.2022 às 10h10
Ibovespa tem tendência de queda com inflação e Petrobras se mantendo no radar

Investidores aguardam a divulgação da ata da última reunião do Fed

Redação IF Publicado em 25.maio.2022 às 09h54
Dólar sobe acompanhando exterior e juros futuros estendem alta da véspera

Divisa americana ganhava força no pregão desta quarta ante moedas de países emergentes

Redação IF Publicado em 25.maio.2022 às 08h55
Inflação: pequenas mudanças driblam a disparada dos preços

Com regras simples, você vai tomar as melhores decisões para o seu bolso

Glossário IF Publicado em 24.maio.2022 às 17h24
B3: como surgiu, qual é sua história, o que ela faz?

A Bolsa de Valores brasileira é uma das dez maiores do mundo e a maior da América Latina. Saiba mais no Glossário IF

Redação IF Atualizado em 25.maio.2022 às 08h00
Nubank renova mínimas históricas e já vale menos que o BTG. Efeito colateral do fim do lock-up?

Valor de mercado do Nubank corresponde a menos de um terço do Itaú, que vale US$ 48,8 bilhões; no IPO em dezembro, o Nubank estreou com valor de US$ 41,5 bilhões

Redação IF Publicado em 24.maio.2022 às 11h20
Dólar inverte sinal e passa a cair abaixo de R$ 4,80

Moeda americana era negociada a R$ 4,78 na mínima do dia

Redação IF Publicado em 24.maio.2022 às 10h23
Presidente do Bradesco diz que inflação deve começar a ficar ‘mais controlada’ a partir de 2023

Octavio de Lazari Junior acredita também que a taxa de juros 'só poderá ser reduzida no ano que vem'

Redação IF Publicado em 24.maio.2022 às 07h56
Citi: nova troca cria riscos na estratégia de longo prazo da Petrobras

Banco destaca em relatório uma 'significativa interferência externa' na empresa