Dicas para não cair em golpes financeiros

Para não ser enganado, é preciso estar sempre alerta. O Papo de Finanças te dá quatro dicas para não cair em roubadas.

Ninguém escolhe cair em um golpe. Mas para não ter prejuízos, é preciso estar sempre alerta. Golpistas estão sempre inventando novas maneiras de enganar as pessoas e roubar seu dinheiro. Por isso, neste episódio do Papo de Finanças, Nina Silva e Maju Marques dão dicas para você não cair em golpes e fraudes.

Com algumas precauções simples, é possível se proteger. Por exemplo, nunca compartilhe dados sensíveis, como senhas, com ninguém. Também é importante ativar a confirmação em duas etapas das suas redes sociais, para dificultar que clonem os seus dados e usem seu perfil.

Além disso, sempre desconfie de links que você recebe por e-mail, WhatsApp ou mensagem de texto. Eles podem levar você a sites que roubam seus dados e até seu dinheiro. Na hora de fazer pagamentos na máquina de cartão, sempre confira o valor cobrado. Se houver algum problema ou se você notar algo estranho, ligue imediatamente para seu banco.

Até o Pix, que apareceu recentemente, já tem problemas. Os golpistas clonam seu WhatsApp e pegam sua foto para pedir dinheiro para conhecidos e abrir contas no seu nome. Existem também as fraudes clássicas: o golpe do falso funcionário, em que fingem ser do banco e pedem para passar dados, aquele outro em que simulam sequestro e tentam extorquir os parentes da “vítima”.

Muitas pessoas sentem vergonha quando caem em golpes, mas os criminosos desenvolvem técnicas elaboradas para criar novas armadilhas Existe uma “engenharia social”, um passo a passo de como o golpe é montado. Tudo começa com uma pesquisa: os golpistas coletam informações nas redes sociais, de vazamento de dados, entre outras fontes.

Eles usam essas informações para enganar suas vítimas, explorando nossas vulnerabilidades e relações sociais para dar golpes. Fazem-se passar por parentes ou conhecidos e executam seus crimes. Portanto, qualquer um pode cair, até atores da novela das oito, cantores e ex-jogadores de futebol.

Por isso, é preciso estar sempre alerta. Veja o Papo de Finanças e saiba mais sobre como se proteger de fraudes.


Você também pode gostar
Redação IF Atualizado em 17.maio.2022 às 20h10
Deputados do PT apelam ao STF para barrar privatização da Eletrobras no TCU

Parlamentares do PT entraram com pedido de liminar no STF para suspender o julgamento da privatização da estatal

JOTA Atualizado em 17.maio.2022 às 18h52
Análise: Em campanha por ‘super bancadas’, centrão rejeita ataques de Bolsonaro às urnas

Lideranças temem prejuízo eleitoral, mas QG político associa estridência à cobrança por mudanças na Petrobras

Redação IF Atualizado em 17.maio.2022 às 19h14
NY: Empresas de tecnologia recuperam perdas; ações de aéreas americanas fecham em alta

Dados positivos de vendas no varejo nos EUA e sinais de reabertura na China alimentam otimismo

Redação IF Publicado em 17.maio.2022 às 17h32
Dólar fecha em queda de 2,14%, a R$ 4,9419, com exterior positivo

A redução das medidas de restrição na China favoreceu a das commodities e beneficiou moedas de países exportadores

1 min
Glossário IF Publicado em 17.maio.2022 às 17h05
O que são e o que fazem os bancos múltiplos?

Esses bancos dão conta de várias tarefas ao mesmo tempo e têm diversas categorias. Saiba mais no Glossário IF

Redação IF Publicado em 17.maio.2022 às 15h48
Ação da Hapvida despenca 16% e lidera perdas do Ibovespa

Itaú BBA tem recomendação "outperform" para o papel, com preço-alvo de R$ 17 para o fim de 2022