Como a diversificação de investimentos pode fortalecer sua carteira

Diversificar é ter uma boa quantidade de ativos em carteira. No vídeo, explicamos a importância de dividir seu dinheiro em papéis diferentes para diminuir os riscos.

Já ouviu aquela expressão: “Não coloque os ovos na mesma cesta”? Ela resume bem a diversificação dos investimentos. Diversificar é algo que todos os investidores, sejam grandes ou pequenos, devem fazer para minimizar os riscos.  

A diversificação existe por um motivo muito simples: reduzir as possíveis perdas que acontecerão no meio do caminho. O que você está perdendo ali, pode recuperar aqui. A ideia, portanto, é não apostar todas as suas fichas em um jogo só e se manter aberto as opções. 

Quantos investimentos você tem? Quatro, cinco? Ainda é pouco! Especialistas recomendam ter de dez a quinze ativos diferentes para estratégia ser efetiva. Não se assuste, de fato é muita coisa e exige um esforço para conhecer quais opções o mercado financeiro oferece.   

Antes da diversificação de investimentos, vem o autoconhecimento

Em primeiro lugar, é preciso entender que tipo de investidor você é. Você é conservador? Arrojado? Ou talvez fique no meio do caminho? É importante fazer esse diagnóstico para saber quanto risco está disposto a correr.  
 
Além disso, responda que tipo de relacionamento você quer com os seus investimentos, quanto tempo e qual o risco você está disposto a encarar. Depois, estude um pouco as classes de ativos para ver quais estão alinhados com seus objetivos.  

Você analisa qual tem mais a sua cara e investe. Em seguida, vem a fase do namoro, que é acompanhar o andar da carruagem para saber se terá o final feliz que você imaginava ou se é melhor terminar mesmo e mudar de opção na próxima leva de aplicações.  

A renda fixa é uma dessas classes, com produtos como CDB e Tesouro Direto. Há também a renda variável, com produtos como as ações. Fora os ativos de fundos imobiliários e o das commodities, com itens como os minerais, gado, grãos. E ainda os derivativos, outra classe bastante usada pelos investidores. 

Quer saber mais sobre a diversificação de investimentos pode ajudar você? Veja o vídeo do Glossário IF e aprenda! 


Você também pode gostar
íon Itaú Atualizado em 20.maio.2022 às 07h15
O que explica o bom desempenho dos fundos multimercados desde o início de 2022?

Mesmo com o cenário de alta volatilidade e incerteza na economia global, o primeiro quadrimestre registrou o melhor início de ano para esta classe desde 2009

Glossário IF Publicado em 19.maio.2022 às 17h57 Duração 3 min.
O que é a Anbima?

Essa organização representa bancos, gestoras, corretoras, distribuidoras e administradoras

Anne Dias Publicado em 19.maio.2022 às 16h31
Dica do especialista: conheça os bastidores do nascimento do Plano Real

Muito do que vivemos hoje nasceu naquele período, mostra o livro Saga brasileira, de Miriam Leitão

Gustavo Zanfer Atualizado em 19.maio.2022 às 14h51
Como montar uma carteira de longo prazo?

É difícil, mas é importante ter uma estratégia financeira para daqui a alguns anos

Redação IF Atualizado em 19.maio.2022 às 16h01
Dólar comercial renova mínima com fraqueza da moeda no exterior

O movimento reflete o enfraquecimento da moeda americana frente outras divisas emergentes

Redação IF Publicado em 19.maio.2022 às 10h53
Como o trabalhador poderá usar o FGTS para comprar ações da Eletrobras

Tipo de investimento já foi feito anteriormente em vendas de ações da Petrobras e da Vale

Manhã Inteligente Publicado em 19.maio.2022 às 10h26
Guerra na Ucrânia, queda das ações da Amazon, Madonna e NFTs

Isabella Carvalho e Ítalo Martinelli falam sobre os assuntos que podem afetar seus investimentos nesta quinta (19)