Simone Tebet recebe apoio de grupo de economistas e empresários ‘para pacificar o país’

Entre os signatários da nota estão Armino Fraga, Guilherme Leal e Luis Stuhlberger

Senadora Simone Tebet deve ser candidata a presidente em bloco que reúne MDB, PSDB e Cidadania. Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

Um grupo de economistas e empresários divulgou um manifesto nesta sexta-feira (10) defendendo a candidatura à Presidência da Republica da senadora Simone Tebet pelo MDB, com apoio do PSDB e Cidadania, considerada por eles a “melhor via para devolvermos a esperança a todos os brasileiros e seus descendentes”.

Os signatários da nota – entre eles Maria Silvia Bastos Marques, Andréa Calabi, Antônio Kandir, Armino Fraga, Candido Bracher, Celso Lafer, Pedro Wongtschowski, Pedro Bodin de Moraes, Mailson da Nobrega, Horácio Lafer Piva, Fábio Barbosa, Ana Carla Abrão, Eliane Cardoso, Edmar Bacha, Guilherme Leal, Emerson Kapaz, David Zylberstajn, Walter Schalka e Luis Stuhlberger – avaliam que há tempo suficiente para a construção de uma nova alternativa de governo, para um “país mais justo eficiente e sustentável”.

“É com entusiasmo que aqui declaramos apoio ao nome da senadora Simone Tebet para liderar essa caminhada, nos somando aos muitos que já se manifestaram publicamente nessa direção. Uma mulher com capacidade gerencial indispensável para pacificar o país e, ao mesmo tempo, a coragem necessária para enfrentar os interesses contrários à modernização. Com sensibilidade para perceber as grandes dores da população… e com determinação para fazer um governo que crie oportunidades para todos”, diz o texto.

Com conteúdo VALOR PRO, o serviço de informação em tempo real do Valor Econômico


Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 17h45
Juros futuros fecham em queda, em linha com taxas dos títulos públicos globais

Medo de recessão nos EUA pesou mais do que riscos fiscais no Brasil

Papo de Finanças Atualizado em 02.jul.2022 às 08h21
Como as eleições interferem nos seus investimentos?

De alguma maneira, seu bolso será afetado pelas eleições do fim do ano. O que pode acontecer? Nina Silva explica

JOTA Publicado em 01.jul.2022 às 16h58
Semana política: PEC “vale-tudo” une governo e oposição por votos

Enquanto isso, em campanha, Lula acena a empresários e ao mercado, diz Fábio Zambeli, do JOTA

Valor Econômico Publicado em 01.jul.2022 às 11h39
Análise: PEC dos Combustíveis dificulta o trabalho do Banco Central para baixar a inflação

O assunto novo levantado pelo Copom em junho é o risco de as medidas colocarem o pé no acelerador da economia, num momento em que a política monetária pisa no freio

JOTA Publicado em 01.jul.2022 às 11h35
Análise: De olho no voto útil, Lula retoma pontes com empresários e empodera “guru” econômico

Ex-presidente, antes refratário a assumir compromissos na campanha, antecipa série de conversas com o PIB, diz Fábio Zambeli, do JOTA

Redação IF Atualizado em 01.jul.2022 às 15h13
Dólar dispara e supera R$ 5,33 com temores de recessão global no radar

Mercado também repercute aprovação de PEC que libera gasto bilionário às vésperas das eleições

Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 10h21
Criptomoedas iniciam julho no vermelho com bitcoin abaixo de US$ 20 mil

Bitcoin teve sua pior perda trimestral em mais de uma década

Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 07h41
Vivo emite R$ 3,5 bilhões em debêntures com metas ESG; saiba como funciona o investimento

A empresa firmou compromisso de elevar a participação de negros em cargos de liderança