Embaixada do Brasil admite erro sobre corpos de Bruno Pereira e Dom Phillips terem sido encontrados

Retratação e pedido de desculpas foram feitos nesta terça

Bruno e Dom faziam expedições juntos na Amazônia desde 2018 Foto: Reprodução

A Embaixada do Brasil no Reino Unido enviou nesta terça-feira (14) um pedido de desculpas à família do jornalista britânico Dom Phillips, desaparecido na Amazônia, por ter informado erroneamente que o corpo dele e do indigenista brasileiro Bruno Pereira haviam sido encontrados.

Na manhã de segunda-feira (13), um representante da embaixada ligou para o cunhado e a irmã de Phillips para dizer que os corpos dos dois desaparecidos tinham sido achados amarrados a uma árvore. A informação foi, então, divulgada à imprensa pela mulher do jornalista, Alessandra Sampaio.

Depois, porém, a Polícia Federal negou que os corpos dos dois tivessem sido encontrados. A associação indígena Univaja, que denunciou o desaparecimento dos dois há mais de uma semana na região do Vale do Javari, no Amazonas, também não confirmou.

Nesta terça, o embaixador enviou uma mensagem de retratação à família. “Estamos profundamente sentidos que a Embaixada tenha passado uma informação à família ontem que não se provou correta”, diz trecho da mensagem, segundo o jornal britânico “The Guardian”.

Com conteúdo do portal g1


Você também pode gostar
JOTA Publicado em 29.jun.2022 às 15h24
Relator da PEC 16 propõe estado de emergência e aumento de benefícios sociais

De acordo com o senador Fernando Bezerra, os efeitos da emergência só valerão para medidas propostas com impacto de R$ 38 bi

3 min
Redação IF Publicado em 23.jun.2022 às 13h09
Desembargador manda soltar ex-ministro Milton Ribeiro

Ex-titular da Educação foi preso pela Polícia Federal na operação Acesso Pago

3 min