Anvisa autoriza vacina da Pfizer contra Covid para crianças de 5 a 11 anos

A dosagem será menor e os frascos terão cores distintas para evitar erros na aplicação

Foto: Sérgio Bernardo/SEI

Pontos-chave

  • Agência considerou que o imunizante é seguro e eficaz para a faixa etária
  • Não houve relato de eventos adversos durante a avaliação

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) informou nesta quinta-feira (16) que a vacina produzida pelo consórcio Pfizer-BioNTech, a Comirnaty, contra a Covid-19 foi aprovada para ser usada em crianças com idade de 5 a 11 anos. “Com base na totalidade das evidências científicas disponíveis, a vacina Pfizer-BioNTech, quando administrada no esquema de duas doses em crianças de 5 a 11 anos de idade, pode ser eficaz na prevenção de doenças graves, potencialmente fatais ou condições que podem ser causadas pelo SARS-CoV-2”, destacou no anúncio o gerente Geral de Medicamentos da Anvisa, Gustavo Mendes.

O gerente lembrou que as análises contaram com a participação de diversos especialistas tanto da Anvisa como de outras entidades. “Verificamos segurança e tolerabilidade, em uma primeira fase. Nela foram aplicadas doses diferentes. Com base no resultado, chegamos à conclusão de que deveriam ser aplicadas 10 microgramas, quantidade inferior à aplicada em adultos”, disse. Mendes acrescentou que, na comparação entre crianças de 5 a 11 com pessoas de 16 a 25 anos [considerando as doses correspondentes a cada grupo], foi identificada a presença de anticorpos nas crianças. “Observamos desempenho satisfatório da vacina também contra a variante Delta”, ressaltou. “E não há relato de nenhum evento adverso sério, de preocupação ou relato relacionado a casos muito graves ou mortalidade por conta da vacinação. Esse perfil de segurança é muito importante”, completou.

Conforme a Anvisa, as doses de vacinas para crianças é de um terço em relação à dose e à formulação aprovada anteriormente. Além disso a formulação pediátrica é diferente. Ou seja, não se pode fazer diluição da dose de adulto para a dose de criança. As crianças que completarem 12 anos entre a primeira e a segunda dose devem manter a dose pediátrica. A agência ainda definiu que a dose da vacina para crianças será diferente daquela utilizada para pessoas a partir de 12 anos. Os frascos também terão cores distintas para evitar erros na aplicação.

Ao g1, o infectologista Renato Kfouri, representante da Sociedade Brasileira de Imunizações e que participou da avaliação da Pfizer junto à Anvisa, explicou a importância de vacinar essa faixa etária. Kfouri afirmou que a imunização é necessária para a redução do número de casos graves e mortes de crianças causadas pela doença. “A gente fala que só 0,4% das mortes ocorrem nos menores de 20 anos, mas 0,4% de 600 mil mortes são mais de 2.500 crianças e adolescentes que perderam a vida para a Covid. Em dois anos, esse total de mortes é maior do que todo o calendário infantil. Se somarmos todas as mortes por coqueluche, diarreia, sarampo, gripe, meningite, elas não somam 1.500 por ano. A Covid-19 é uma doença prevenível por vacina que mais mata nossas crianças”.

Com informações da Agência Brasil


Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 10.maio.2022 às 14h21
3 min
Fernanda Bottoni Publicado em 06.maio.2022 às 11h00
Quanto custa a fertilização in vitro?

O Dia das Mães pode te inspirar a planejar financeiramente a chegada do bebê mais fofo do mundo

4 min
Redação IF Publicado em 22.abr.2022 às 14h56
Governo oficializa fim do estado de emergência da covid-19

A melhora no quadro epidemiológico foi o principal fator que motivou a decisão

1 min
Redação IF Publicado em 18.abr.2022 às 07h27
Ministro anuncia fim da Emergência em Saúde Pública por conta da covid

Queiroga atribuiu a media 'à melhora do cenário epidemiológico, à ampla cobertura vacinal da população e à capacidade de assistência do SUS'

5 min
Redação IF Publicado em 06.abr.2022 às 08h10
Plano de saúde pode ter reajuste de até 18% neste ano, o maior em duas décadas

Aumento de custos e maior procura após pandemia favorecem encarecimento, dizem analistas

4 min
Redação IF Publicado em 30.mar.2022 às 11h41
Governo quer anunciar ‘fim da pandemia’ nesta quinta-feira; saiba o que pode mudar

Colunista Lauro Jardim, em 'O Globo', diz que Bolsonaro vem pressionando o ministro Marcelo Queiroga para tomar a decisão

2 min
Redação IF Atualizado em 30.mar.2022 às 10h16
Preço dos medicamentos no país pode subir 10,9% a partir de amanhã

O reajuste é válido para cerca de 13 mil medicamentos sujeitos a prescrição médica, vendidos nas farmácias brasileiras

2 min
Redação IF Publicado em 28.mar.2022 às 08h46
Xangai inicia maior lockdown contra a covid na China em dois anos

Principal centro financeiro do país decidiu confinar parte dos cerca de 25 milhões de habitantes

5 min