Varejistas puxam baixa do Ibovespa após inflação superar expectativas; dólar sobe

O IBGE informou hoje que o IPCA-15 de outubro, prévia da inflação oficial do país, registrou uma alta de 1,2% nos preços, quando a expectativa era de 0,97%

Foto: André Luis Ferreira/Fotoarena/Agência O Globo

As ações de varejistas como as Lojas Americanas e a Via, que controla as redes Casas Bahia e Ponto Frio, têm as maiores quedas da Bolsa brasileira B3 pelo duplo medo que a alta da inflação provoca. Primeiro, de que a alta de preços deixe o orçamento do consumidor mais curto para fazer compras. Segundo, de que o Banco Central brasileiro seja obrigado a aumentar ainda mais os juros para tentar domar o dragão.

O IPCA-15 (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) de outubro, divulgado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta manhã, ficou muito acima das expectativas: 1,2%, contra a previsão média do mercado financeiro de 0,97%. No acumulado de 12 meses, chega a 10,34%. O IPCA-15 é uma espécie de prévia do IPCA, o índice oficial de inflação do país.

Às 11h31, os papeis das Lojas Americanas caíam 4,5%, para R$ 32,72. Os da Via recuavam 4,4%, para R$ 4,78. O Ibovespa perdia 1,3%, aos 107.323 pontos. O dólar comercial avançava 0,2%, vendido a R$ 5,566, e o turismo tinha alta de 0,4%, a R$ 5,733.

Os analistas de mercado esperavam que o pico de aumento de preços tivesse ficado para trás, em setembro, e que a inflação passasse a desacelerar de agora em diante. Não é o que está acontecendo. Nesta terça (26), o Copom (Comitê de Política Monetária do BC) dá início à sua reunião de dois dias para discutir os rumos da taxa básica de juros da economia, a Selic. Até ontem, o mercado projetava, em média, um aumento de 1,5 ponto percentual na taxa, para 7,75% ao ano.

Nesse cenário, os ativos de renda fixa são beneficiados, já que os seus rendimentos aumentam.


Investir em quê? Encontre e compare investimentos de todo o mercado

Parceiro da Inteligência Financeira, o Investir em Quê? é sua fonte confiável para buscar onde investir com isenção, transparência e sem complicação

Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 25.maio.2022 às 11h22
XP: 62% das empresas do Ibovespa tiveram lucro operacional acima do esperado no 1º tri

Analistas destacam que a temporada de balanços dos três primeiros meses de 2022 foi melhor que a imediatamente anterior

Redação IF Publicado em 25.maio.2022 às 11h12
Ibovespa opera em queda, enquanto Petrobras busca recuperação

Investidores aguardam a divulgação da ata da última reunião do Fed

Entrevista da Semana Publicado em 25.maio.2022 às 10h08 Duração 6 min.
Como funciona a Bolsa de Valores de Nova York (NYSE)?

Anne Dias, editora da IF, entrevista Alex Ibrahim, head de mercados internacionais da NYSE, onde trabalha há mais de 20 anos

Redação IF Publicado em 25.maio.2022 às 08h55
Inflação: pequenas mudanças driblam a disparada dos preços

Com regras simples, você vai tomar as melhores decisões para o seu bolso

Redação IF Publicado em 25.maio.2022 às 08h34
Bolsas europeias e futuros de NY têm alta moderada, antes da ata do Fed

À espera do documento, no pré-mercado em NY, o futuro do S&P 500 tinha leve alta de 0,06% e do Nasdaq avançava 0,18%

Valor Econômico Publicado em 25.maio.2022 às 07h36
Após nova troca, ações da Petrobras caem

Investidor volta a analisar peso político, mas efeito na bolsa foi limitado por ativo ser considerado barato