SoftBank tem prejuízo anual de US$ 13 bilhões, atingido por queda de ações de tecnologia

Resultado é o pior em quatro décadas de história

– Foto: Marga Santoso/Unsplash

O investidor de tecnologia japonês SoftBank Group divulgou o maior prejuízo anual em sua história de quatro décadas por causa da venda global de ações de tecnologia. O SoftBank, conhecido por seu Vision Fund de US$ 100 bilhões, reportou um prejuízo líquido de 1,71 trilhão de ienes (US$ 13,2 bilhões) no ano encerrado em 31 de março, contra um lucro líquido de quase 5 trilhões de ienes no ano fiscal anterior.

O prejuízo líquido do quarto trimestre fiscal, encerrado em março, foi de 2,101 trilhões de ienes, após o lucro líquido de 392,62 bilhões de ienes nos nove meses anteriores, de acordo com um cálculo do The Wall Street Journal, ficando abaixo do lucro líquido estimado de 150,05 bilhões de ienes de uma pesquisa de analistas da FactSet.

A receita do ano fiscal aumentou 10,5%, para 6,221 trilhões de ienes. A receita do quarto trimestre fiscal foi de 1,641 trilhão de ienes, dada a receita de 4,581 trilhões de ienes no período de nove meses anterior. Isso foi acima da estimativa de 1,582 trilhão de ienes na pesquisa FactSet.

Os resultados da empresa tendem a oscilar amplamente porque seguem os movimentos voláteis das ações de tecnologia nas quais o SoftBank investiu, incluindo empresas americanas como Uber Technologies e DoorDash. Os aumentos das taxas de juros pelo Federal Reserve e outros bancos centrais, bem como regulamentações mais rígidas do governo chinês sobre o setor de tecnologia, pesaram nas avaliações das ações de tecnologia de alto crescimento.

No ano encerrado em 31 de março, o SoftBank reportou uma perda de perda de 2,639 trilhões de ienes em investimentos em seu negócio Vision Fund, prejudicado por perdas de avaliação em investimentos na Coupang e Didi Global, em comparação com o lucro de 4,027 trilhões de ienes no ano fiscal anterior.

O lucro anual de seus negócios de Latin Funds caiu para 84,45 bilhões de ienes, de 188,67 bilhões de ienes, uma vez que o valor dos investimentos listados diminuiu, incluindo o do banco digital brasileiro Banco Inter.

Já seu negócio Arm registrou lucro no ano fiscal de 41,20 bilhões de ienes, comparado com uma perda de 33,87 bilhões de ienes no ano anterior. O diretor-presidente do SoftBank Group, Masayoshi Son, disse que a empresa está se preparando para a oferta pública inicial da Arm, mas pode adiá-la se as condições do mercado piorarem significativamente.

As ações listadas publicamente que compõem grande parte do Vision Fund caíram mais da metade desde o início do ano. As ações da líder chinesa Didi Global, na qual o Vision Fund detém participação, caíram mais de 80% desde sua estreia na Bolsa de Valores de Nova York (Nyse, na sigla em inglês) em meados do ano passado. Didi está planejando sair da Nyse.

As ações da gigante do comércio eletrônico Alibaba Group, a holding mais valiosa do SoftBank Group, caíram cerca de 50% durante o último ano fiscal.

As ações do SoftBank fecharam em queda de 8% na Bolsa de Tóquio, antes da divulgação dos resultados. O fechamento de 4.491 ienes foi menos da metade do nível de um ano atrás.

Com conteúdo VALOR PRO, o serviço de informação em tempo real do Valor Econômico


Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 17.maio.2022 às 17h32
Dólar fecha em queda de 2,14%, a R$ 4,9419, com exterior positivo

A redução das medidas de restrição na China favoreceu a das commodities e beneficiou moedas de países exportadores

Redação IF Publicado em 17.maio.2022 às 15h36
Muitos investidores de criptomoedas não sabem o que estão comprando, diz dirigente do BoE

Jon Cunliffe, do banco central britânico, intensificou o pedido para que as autoridades regulem os criptoativos

Redação IF Publicado em 17.maio.2022 às 14h22
Nubank: analistas veem resultados positivos, mas inadimplência gera cautela

Desde o IPO, em 8 de dezembro, quando foi precificado a US$ 9, o papel do banco digital acumula queda de 50,2%

Redação IF Publicado em 17.maio.2022 às 11h27
Ibovespa opera em alta e busca retomar marca de 110 mil pontos

Bolsa busca quinto dia de ganhos, em meio ao alívio no exterior

Valor Econômico Publicado em 17.maio.2022 às 07h47
Maior parte das ações na Bolsa acumula queda desde início de 2021

Das 100 ações do IBrX, 64 têm perda no período

Diogo Rodriguez Publicado em 16.maio.2022 às 17h04 Duração 1 min.
O que é investir? Basicamente, é emprestar dinheiro

A gente ouve falar muito em investimentos. Mas o que é investir? O que significa esse ato? Veja mais no Me Explica na IF