Ibovespa fecha em alta, com recuperação nos preços do minério de ferro; petroleiras caem

'Despiora' do cenário fiscal brasileiro deixa investidores mais aliviados

A semana terminou um pouco mais tranquila na Bolsa de Valores brasileira, a B3, nesta sexta-feira (19). Além da recuperação nos preços do minério de ferro, que impulsionou as ações da Vale e de siderúrgicas, a queda nos preços do petróleo deu certo alívio à curva de juros, contribuindo para um movimento de recuperação em algumas ações que foram penalizadas nas últimas semanas.

O Ibovespa fechou em alta de 0,6%, aos 103.035 pontos. O índice oscilou entre os 103.975 pontos e os 102.143 pontos nos maiores e menores níveis intradiários. O volume negociado dentro do índice foi de R$ 27 bilhões. Na semana, o índice acumulou queda de 3%.

Após o minério fechar o dia em alta de 5,06% em Qingdao, na China, as ações da Vale e de siderúrgicas avançaram, se recuperando dos tombos recentes. Vale ON (VALE3) subiu 2,73%, CSN ON teve ganhos de 7,98%, Usiminas PNA avançou 1,41% e Gerdau PN subiu 2,10%.

Por outro lado, os preços do petróleo recuaram nos mercados globais, após a adoção de novas medidas de restrição na Europa para conter surtos de Covid-19. Assim, as ações da Petrobras e de outras petroleiras acompanham os movimentos descendentes do barril de petróleo. Petrobras ON e PN cederam 1,38% e 1,66%, respectivamente, enquanto PetroRio ON recuou 3,13%.

Entre os principais destaques positivos da sessão, estão Vivo ON, que ganhou 6,81%, e Tim ON, com alta de 5,15%. As empresas se beneficiam de um julgamento no STF (Supremo Tribunal Federal) sobre o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) em Santa Catarina. Os ministros formaram maioria para reduzir a alíquota de empresas de telecomunicação no estado de 25% para 17%.

Também ajuda, no clima do pregão de hoje, a “despiora” das perspectivas para o cenário fiscal brasileiro.

Nos últimos meses, a discussão sobre o financiamento do Auxílio Brasil concentrou as preocupações do mercado financeiro brasileiro. A saída encontrada foi usar a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) 23/2021 para adiar o pagamento dos precatórios (dívidas judiciais) do governo em 2022 e fazer sobrar recursos que seriam utilizados com o novo benefício.

A demora em aprovar a proposta vinha alimentando o medo de que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pudesse adotar alguma solução voluntariosa para viabilizar o benefício rapidamente (vulgo canetada), já que não é permitida a criação de benefícios em ano eleitoral. Outro medo era de que a PEC fosse usada para acomodar mais gastos eleitoreiros. Mas duas notícias apaziguaram um pouco os ânimos nesta sexta.

Na quinta (18), o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) apresentou a ideia de fatiar a PEC para acelerar o trâmite no Congresso e conseguir fazer o primeiro pagamento do Auxílio Brasil ainda em 2021. A sugestão, de incorporar promulgar somente os trechos já avalizados pelas duas Casas, foi bem recebida pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD/MG), e pelo da Câmara, Arthur Lira (PP-AL).

Lira, aliás, é responsável por outra boa notícia quanto ao Orçamento: o deputado disse, em entrevista ao Valor PRO, o serviço de notícias em tempo real do Valor Econômico, não ver espaço para um amplo reajuste dos servidores públicos como anunciado por Bolsonaro.


Investir em quê? Encontre e compare investimentos de todo o mercado

Parceiro da Inteligência Financeira, o Investir em Quê? é sua fonte confiável para buscar onde investir com isenção, transparência e sem complicação

Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 20.maio.2022 às 11h01
Bolsas de NY apontam para recuperação na sessão desta sexta

Mercado americano vem de dois pregões seguidos de queda

Manhã Inteligente Publicado em 20.maio.2022 às 10h40
ETFs de renda fixa, privatização da Eletrobras, queda de lucro de empresas

Isabella Carvalho e Caio Camargo falam sobre esses e outros assuntos que podem afetar seus investimentos nesta sexta (20)

Redação IF Publicado em 20.maio.2022 às 08h16
Bolsas asiáticas fecham em alta após China cortar taxa de juros

Mesmo assim, os investidores seguem atentos à perspectiva de aumento dos juros nos EUA

Redação IF Publicado em 20.maio.2022 às 08h09
Fundos de ações de Petrobras e Vale renderam até 25 vezes mais que o FGTS desde o lançamento

Trabalhador poderá usar dinheiro do fundo de garantia para comprar ações da Eletrobras