IF HOJE: Discussão sobre balanço da Petrobras deve mobilizar investidores

A petroleira registrou lucro acima das estimativas do mercado, mas comentários do presidente Bolsonaro podem deixar os investidores temerosos

Sede da Petrobras, no centro do Rio de Janeiro: bons resultados podem ser ofuscados por comentários de Bolsonaro

A Petrobras informou na quinta-feira (28), após o fechamento do mercado, que registrou lucro de R$ 31,1 bilhões no terceiro trimestre deste ano, acima da previsão média do mercado financeiro, que era de R$ 21,4 bilhões.

A empresa é um símbolo do Brasil, uma das favoritas dos grandes investidores estrangeiros, mas também tem dezenas de milhares de acionistas pessoas físicas no país, inclusive trabalhadores que colocaram parte do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) em ações da companhia, no ano 2000, quando o governo criou um fundo para esse fim.

Ótima notícia, o lucro do terceiro trimestre – e a redução de 25% do endividamento, para R$ 59 bilhões, desde o segundo trimestre de 2020 – deveria encorajar mais investidores a comprar os papeis na Bolsa de Valores hoje, fazendo-os se valorizar. Inclusive porque duas razões para o bom desempenho recente da Petrobras devem continuar ajudando a empresa: o aumento dos preços do petróleo no mercado internacional e a alta do dólar (moeda em que o combustível é cotado) ante o real.

Mas o presidente Jair Bolsonaro pode ter colocado água no chopp dos acionistas. Também na quinta (28), antes que o balanço tivesse sido divulgado, Bolsonaro disse, em uma live, que a empresa deveria ter um “viés social” e “não lucrar tanto” quanto o que vem lucrando nos últimos tempos.

Pressionado pela insatisfação popular com a disparada da gasolina, do óleo diesel e do gás de cozinha, periodicamente o presidente indica que pode, de alguma forma, intervir na empresa para reduzir os preços, o que diminui seu valor e cria muita incerteza para os investidores.

Por que importa?

A Petrobras é a segunda maior empresa brasileira em valor de mercado e tem peso de 12% no Ibovespa, o principal índice acionário da Bolsa B3. O que acontece com ela afeta o humor de todos os investidores.

Como afeta seus investimentos

Otimismo com a melhora da situação financeira da companhia ou medo de intervenção? O sentimento que mais pesar para os investidores vai definir se a ação da petroleira sobe ou cai no pregão desta sexta (29), se vai ter sextou para os acionistas da Petrobras ou não.

Fique por dentro

Superávit em setembro

O Tesouro Nacional informou na quinta (28) que setembro teve o primeiro superávit para o mês desde 2012, com saldo positivo em R$ 303 milhões, acima do esperado. No mesmo período de 2021, o resultado foi negativo em R$ 76,144 bilhões.

Não é justo, você vive num país em que se paga tudo em real, um país praticamente autossuficiente em petróleo e tem o preço do seu combustível atrelado ao dólar. Realmente ninguém entende isso, mas é coisa que vem de anos, que você tem que buscar maneiras de mudar

Presidente Jair Bolsonaro ao defender um “viés social” e lucros menores para a Petrobras às vésperas de uma paralisação dos caminhoneiros

Para prestar atenção hoje

9h30: os Estados Unidos divulgam a inflação dos consumidores em setembro.

9h30: o Banco Central brasileiro divulga a dívida líquida em relação ao PIB de setembro.


Com reportagem e edição de Denyse Godoy


Você também pode gostar
Redação IF Atualizado em 23.maio.2022 às 19h36
Dow Jones sobe mais de 600 pontos; S&P 500 se afasta do território ‘Bear Market’

O S&P 500, índice de referência do mercado de ações nos EUA, avançou 1,9% nesta segunda-feira

Redação IF Publicado em 23.maio.2022 às 10h47
Varíola do macaco: avanço da doença impulsiona ações de farmacêuticas

Presidente dos EUA, Joe Biden, alertou que todos precisam ficar atentos com a alta nos casos ao redor do mundo

Redação IF Publicado em 23.maio.2022 às 10h20
Redação IF Publicado em 23.maio.2022 às 09h29
Quais ativos estão na mira dos gestores e quais geram mais pessimismo?

Mapeamento revela as expectativas para 33 investimentos