Ibovespa tem leve piora após Fed aumentar juros; dólar passa a cair com mais força

Banco central americano decidiu acelerar o ritmo do seu ciclo de aperto monetário

Imagem do interior da B3, Bolsa de Valores de SP
A B3, Bolsa de Valores de São Paulo (Foto: Cris Faga/Estadão Conteúdo/Reprodução Globo/G1)

A decisão do Federal Reserve (Fed) de acelerar o ritmo do seu ciclo de aperto monetário, com a alta de 0,75 ponto percentual nos juros americanos anunciada nesta quarta-feira, impactou os ativos de Nova York e, consequentemente, os mercados locais.

Às 15h15, o Ibovespa passava a subir 0,63%, aos 102.708 pontos, depois de tocar os 103.952 pontos na máxima intradiária. CVC Brasil ON registrava alta de 8,22%, Natura ON crescia 7,36% e Qualicorp ON subia 6,25%. Na outra ponta, BRF ON caía 2,13%, WEG ON cedia 2,06% e CSN Mineração ON perdia 1,88%.

No mercado de câmbio doméstico, o dólar permaneceu em queda ante o real. Embora em um primeiro momento a moeda americana tenha se afastado das mínimas, logo depois o dólar passou a exibir queda mais intensa e, há pouco, recuava 0,77%, a R$ 5,0938. Os agentes do mercado aguardam, agora, a coletiva de imprensa do presidente do Fed, Jerome Powell.

As taxas dos contratos de Depósito Interfinanceiro (DIs) demonstraram oscilação contida após a decisão do Federal Reserve. Perto das 15h15, o DI para janeiro de 2023 se mantinha a 13,65% taxa que também era observada imediatamente antes da decisão, de 13,70% ajuste anterior. O DI para janeiro de 2025 caía a 12,90%, de 13,10% do ajuste da véspera e 12,87% de antes da decisão de política monetária do banco central americano.

No mesmo horário, o DI para janeiro de 2024 recuava a 13,55%, de 13,67% do ajuste anterior e o DI para janeiro de 2027 caía a 12,835%, de 13,01%.

Com conteúdo VALOR PRO, o serviço de informação em tempo real do Valor Econômico


Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 18h00
Ibovespa tem sessão de alta liderada por Petrobras e sobe 0,29% na semana

Entre as baixas, se destacaram empresas do setor de minério de ferro devido à preocupação com a retomada da China

Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 17h45
Juros futuros fecham em queda, em linha com taxas dos títulos públicos globais

Medo de recessão nos EUA pesou mais do que riscos fiscais no Brasil

Papo de Finanças Atualizado em 02.jul.2022 às 08h21
Como as eleições interferem nos seus investimentos?

De alguma maneira, seu bolso será afetado pelas eleições do fim do ano. O que pode acontecer? Nina Silva explica

Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 15h23
Track&Field anuncia programa de recompra de ações; conheça a estratégia

Muitos motivos levam uma empresa a realizar uma OPA, e você pode ganhar dinheiro com isso

Redação IF Atualizado em 01.jul.2022 às 15h13
Dólar dispara e supera R$ 5,33 com temores de recessão global no radar

Mercado também repercute aprovação de PEC que libera gasto bilionário às vésperas das eleições