Ibovespa fecha em alta, aos 108 mil pontos; dólar cai

A Vale, maior mineradora de ferro do mundo, e as siderúrgicas se destacaram por causa da valorização do metal

O Ibovespa retomou o patamar dos 108 mil pontos. Os ganhos observados nas empresas de commodities, especialmente no setor de mineração e siderurgia, mantiveram o Ibovespa em território positivo ao longo de toda a sessão.

A Vale, maior mineradora de ferro do mundo, e as siderúrgicas se destacaram por causa da valorização do metal. A Vale subiu 3,8%, para R$ 80,38, enquanto a Gerdau ganhou 2,26%, a R$ 29,82, e a Usiminas avançou 3,4%, para R$ 15,79.

As ações das operadoras de planos de saúde Hapvida e NotreDame Intermédica também figuraram entre as maiores altas da Bolsa de Valores brasileira, a B3, nesta quinta-feira, depois que o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) aprovou sem restrições a sua fusão.

O negócio cria um dos maiores grupos de saúde do país. No início do ano, quando foi anunciado, o conglomerado resultante da fusão (na verdade, incorporação da NotreDame pela Hapvida) valia R$ 100 bilhões. Agora, cerca de R$ 85 bilhões.

No fechamento, a ação da NotreDame subiu 3,7%, para a R$ 66,36, enquanto a da Hapvida ganhou 1,9%, a R$ 11,57. O Ibovespa, principal índice acionário da B3, avançou 0,85%, a 108.340 pontos.

Dólar

Após tocar R$ 5,7235 na máxima intradiária, a moeda americana reagiu ao anúncio do BC e fechou em baixa de 0,47%, a R$ 5,6786.


Investir em quê? Encontre e compare investimentos de todo o mercado

Parceiro da Inteligência Financeira, o Investir em Quê? é sua fonte confiável para buscar onde investir com isenção, transparência e sem complicação

Você também pode gostar
Redação IF Atualizado em 11.maio.2022 às 17h45
Ibovespa tem dia de alta, impulsionado por petroleiras

Petrobras e Petro Rio foram as maiores altas do pregão

Redação IF Publicado em 09.maio.2022 às 07h48
Bolsas da Ásia fecham com fortes perdas, após dado fraco de exportações da China

Desaceleração da economia chinesa alimenta temores de inflação ainda mais pressionada no mundo