GPA nega conversas sobre venda, e ações caem 2,81%

Setor de varejo teve um dia negativo na Bolsa de Valores brasileira

Fôlego por recompra de ações se mantém e operações já se aproximam de total de 2020

Após abrir o pregão com leve alta, as ações ordinárias do GPA (Grupo Pão de Açúcar) inverteram o movimento e passaram a cair, juntando-se às demais ações de varejo, que tiveram uma quinta-feira (5) negativa. O papel do GPA terminou o dia em queda de 2,81%, cotado a R$ 22,10.

A queda ganhou força depois que a empresa negou conversas em andamento para venda de parte ou a totalidade de seus ativos. “Tudo o que tem sido colocado na mídia é especulação, não há nada novo a acrescentar no curto prazo e no médio prazo não tem nada acontecendo”, afirmou afirmou o presidente, Marcelo Pimentel.

Nos últimos dias, surgiram notas na imprensa informando que há uma negociação em andamento com o concorrente Carrefour, e poderia envolver a venda de fatia do Pão de Açúcar.

Com conteúdo VALOR PRO, o serviço de informação em tempo real do Valor Econômico


Você também pode gostar
Redação IF Atualizado em 17.maio.2022 às 19h14
NY: Empresas de tecnologia recuperam perdas; ações de aéreas americanas fecham em alta

Dados positivos de vendas no varejo nos EUA e sinais de reabertura na China alimentam otimismo

2 min
Redação IF Publicado em 17.maio.2022 às 17h32
Dólar fecha em queda de 2,14%, a R$ 4,9419, com exterior positivo

A redução das medidas de restrição na China favoreceu a das commodities e beneficiou moedas de países exportadores

1 min
Redação IF Publicado em 17.maio.2022 às 15h48
Ação da Hapvida despenca 16% e lidera perdas do Ibovespa

Itaú BBA tem recomendação "outperform" para o papel, com preço-alvo de R$ 17 para o fim de 2022

2 min
Redação IF Publicado em 17.maio.2022 às 15h36
Muitos investidores de criptomoedas não sabem o que estão comprando, diz dirigente do BoE

Jon Cunliffe, do banco central britânico, intensificou o pedido para que as autoridades regulem os criptoativos

2 min
Redação IF Publicado em 17.maio.2022 às 15h20
Dólar recua e toca R$ 4,94 com alívio externo

Clima favorável para ativos de risco domina o mercado internacional nesta terça

1 min