Dólar opera em alta, acima de R$ 4,70, com dados de emprego nos EUA no radar

Os juros futuros também avançavam no começo da sessão desta quinta-feira

Dólar teve forte queda nesta terça (Foto: Pixabay)

Após abrirem com viés de queda, os juros futuros passaram a subir nos primeiros minutos da sessão desta quinta-feira, seguindo o dólar. O mercado avalia a decisão do Banco Central Europeu (BCE), divulgada há pouco, que manteve a taxa de depósito em 0,50% ao ano, dentro do esperado. Já no câmbio, o dólar atingiu as máximas após a divulgação dos dados de vendas de varejo de março e de seguro-desemprego dos Estados Unidos, às 9h30.

No horário acima, a taxa do contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) para janeiro de 2023 variava de 13,07% para 13,10%; a do DI para janeiro de 2024 passava de 12,70% para 12,74%; a do DI para janeiro de 2025 subia de 12,03% para 12,085%; e a do DI para janeiro de 2027 tinha alta de 11,72% para 11,80%.

Por volta das 9h40, o dólar comercial operava em alta de 0,77%, sendo negociado a R$ 4,7248 no mercado a vista. O índice DXY, que mede o desempenho do dólar contra uma cesta de seis divisas fortes, avançava 0,05%, a 99,92 pontos.

O BCE manteve hoje as taxas referenciais de juros da zona do euro, com a taxa de depósito, de refinanciamento e de empréstimo permanecendo inalteradas em -0,50%,0,00%, e 0,25%, respectivamente.

Nos EUA, as vendas no varejo subiram 0,5% em março ante fevereiro, levemente abaixo do consenso, de 0,6%. Já o total de pedidos iniciais de seguro-desemprego feitos na semana encerrada no último sábado (dia 9) somou 185 mil, acima da previsão de economistas consultados pelo The Wall Street Journal (W]), que esperavam 172 mil pedidos.

Com conteúdo VALOR PRO, o serviço de informação em tempo real do Valor Econômico


Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 25.maio.2022 às 11h22
XP: 62% das empresas do Ibovespa tiveram lucro operacional acima do esperado no 1º tri

Analistas destacam que a temporada de balanços dos três primeiros meses de 2022 foi melhor que a imediatamente anterior

Redação IF Publicado em 25.maio.2022 às 11h12
Ibovespa opera em queda, enquanto Petrobras busca recuperação

Investidores aguardam a divulgação da ata da última reunião do Fed

Redação IF Atualizado em 25.maio.2022 às 08h00
Nubank renova mínimas históricas e já vale menos que o BTG. Efeito colateral do fim do lock-up?

Valor de mercado do Nubank corresponde a menos de um terço do Itaú, que vale US$ 48,8 bilhões; no IPO em dezembro, o Nubank estreou com valor de US$ 41,5 bilhões

Redação IF Publicado em 24.maio.2022 às 11h20
Dólar inverte sinal e passa a cair abaixo de R$ 4,80

Moeda americana era negociada a R$ 4,78 na mínima do dia