Ibovespa segue em alta, impulsionando ações de petrolíferas, mineradoras e siderúrgicas

Recuperação dos preços de minério de ferro, que subiram mais de 8% na China, impulsionam ações de mineradoras e siderúrgicas

Lucro dos bancos privados subiu 7,8% no primeiro trimestre de 2022 (Foto: Pixabay)

Com um menor temor acerca da variante ômicron do coronavírus, investidores ao redor do mundo voltam às compras, levando os principais índices acionário a novas altas. No mercado local, a Bolsa também se beneficia pela recuperação pelos preços de minério de ferro, que subiram mais de 8% na China, e por sinais de uma inflação mais fraca em novembro.

Às 14h30, o Ibovespa subia 0,99%, aos 107.912 pontos, após tocar os 108.655 pontos na máxima intradiária. Na mínima, logo na abertura, esteve nos 106.868 pontos.

Analistas gráficos do Itaú BBA afirmam que o índice saiu da tendência de baixa de curto prazo e que o próximo passo é apontar para cima, o que acontecerá apenas se o índice fechar acima dos 109.400 pontos. “Essa região, se superada, mostrará que o otimismo com o Ibovespa estará de volta de uma forma mais consistente, podendo buscar voos mais altos em 114.500, 121.300, 129.900 e 132.000 pontos”.

Entre as maiores altas do índice, destaque para os papéis do setor de tecnologia, que se beneficiavam do fechamento da curva longa de juros e do desconto que haviam acumulado nas últimas sessões. Méliuz ON ganhava 12,58%, Banco Inter units e Banco Inter PN subiam 9,88% e 8,42%, respectivamente, Locaweb ON registrava alta de 4,88% e GetNet units saltava 5,25%.

“Os saques dos últimos meses foram muito relevantes nos fundos de ações, obrigando gestoras a diminuir suas posições, principalmente nas empresas com menos peso no índice. Agora, já há muitos papéis com preços atrativos, e começamos a ver um movimento de volta”, diz o sócio e diretor-executivo da Armor Capital, Alfredo Menezes.

Os ativos ligados às commodities metálicas também subiam forte após o minério de ferro disparar 8,28% no porto chinês de Qingdao, para US$ 111,34. Isso porque dados da balança comercial chinesa melhoraram a visão dos agentes financeiros globais sobre a saúde da segunda maior economia do mundo, motivando um aumento na demanda por risco. Vale ON ganhava 3,05%, CSN ON subia 3,36%, Gerdau PN tinha alta de 2,53% e Usiminas PNA saltava 1,89%.

Na ponta negativa do índice, algumas ações que avançaram nas sessões anteriores passavam por processo de correção. Multiplan ON caía 2,13%, MRV ON perdia 2,07%, Localiza ON devolvia 1,64% e Energisa units caía 1,66%.

Dólar

O dólar comercial recuava 0,67% R$ 5,652 na compra e R$ 5,652 na venda. O dólar futuro para janeiro de 2022 recuava 0,74% a R$ 5,682.

Com informações da B3 e Valor Econômico.


Você também pode gostar
Redação IF Atualizado em 23.maio.2022 às 19h36
Dow Jones sobe mais de 600 pontos; S&P 500 se afasta do território ‘Bear Market’

O S&P 500, índice de referência do mercado de ações nos EUA, avançou 1,9% nesta segunda-feira

Redação IF Publicado em 23.maio.2022 às 10h47
Varíola do macaco: avanço da doença impulsiona ações de farmacêuticas

Presidente dos EUA, Joe Biden, alertou que todos precisam ficar atentos com a alta nos casos ao redor do mundo

Redação IF Publicado em 23.maio.2022 às 10h20
Redação IF Publicado em 23.maio.2022 às 09h29
Quais ativos estão na mira dos gestores e quais geram mais pessimismo?

Mapeamento revela as expectativas para 33 investimentos