IF Hoje: Juros, desaceleração econômica e risco fiscal deixam investidores cautelosos

Presidentes dos bancos centrais dos EUA e do Brasil podem dar pistas sobre rumos da política monetária

Jerome Powell, presidente do Federal Reserve (Foto: Saul Loeb/AFP)

Incertezas econômicas deixam os investidores mais cautelosos nesta quinta-feira (23).

Primeira: para onde vão os juros no mundo? Jerome Powell, presidente do Fed (Federal Reserve, o banco central americano), presta depoimento à Câmara. Na quarta (22), ele falou ao Senado, mas frustrou as expectativas ao não dar mais detalhes sobre a decisão do comitê de política monetária, na semana passada, de elevar os juros em 0,75 ponto percentual, para o intervalo de 1,5%-1,75% ao ano. O presidente do Banco Central brasileiro, Roberto Campos Neto, também vai falar sobre o assunto nesta quinta (23), em uma entrevista coletiva à imprensa, às 11h.

Segunda: a desaceleração econômica. É encorajador ver os bancos centrais de todo o mundo aumentando os juros para frear a inflação, mas o esfriamento da atividade decorrente da elevação pode ser excessivo e jogar os países na recessão. Indicadores PMI europeus divulgados mais cedo mostraram que o temor é real: o da Alemanha caiu para 52 em junho de 54,8 de maio (contra prevsão de 54) e o da França recuou para 52,8 neste mês, abaixo dos 57 de maio.

Terceira: até onde vai o presidente Jair Bolsonaro (PL) para tentar garantir sua reeleição? O governo aumentou de R$ 400 para R$ 1 mil o voucher para os caminhoneiros enfrentarem o aumento do diesel, mas não agradou. Os líderes dos motoristas disseram que o valor é uma esmola, mas o montante total dos auxílios (incluindo o vale-gás) pode ficar muito acima dos R$ 50 bilhões que o Ministério da Economia está disposto a comprometer do orçamento.

Agenda do dia

  • 9h30 – EUA: pedidos de seguro-desemprego semanais
  • 10h: Confiança do empresário industrial (junho), da CNI (Confederação Nacional da Indústria)
  • 10h45 – EUA: PMIs industrial e de serviços (junho)
  • 11h – EUA: Powell fala à Câmara
  • 11h: Presidente do Banco Central do Brasil, Roberto Campos Neto, concede entrevista coletiva à imprensa sobre política monetária
  • 12h – EUA: Estoques de petróleo bruto

Você também pode gostar
Manhã Inteligente Publicado em 30.jun.2022 às 12h06
PIB dos Estados Unidos, investimentos em debêntures, golpes financeiros

Isabella Carvalho e Ítalo Martinelli comentam esses e outros assuntos que podem afetar seu bolso nesta quinta (30)

Redação IF Atualizado em 30.jun.2022 às 10h53
Inflação com consumo nos EUA sobe 0,6% em maio; ativos domésticos são pressionados pelo cenário mais adverso no exterior

O Ibovespa tem forte queda enquanto o dólar opera em alta ante o real no início desta quinta-feira