Fed aumenta juros dos EUA em 0,75 p.p., para 1,5%-1,75% ao ano

O aumento, o maior desde 1994, confirma as expectativas do mercado financeiro

Jerome Powell, presidente do Fed (Foto: Fed/Divulgação)

Confirmando as expectativas, o Fed (Federal Reserve, banco central americano) aumentou a taxa básica de juros da economia dos Estados Unidos em 0,75 ponto percentual, para o intervalo de 1,5%-1,75% ao ano. Esse é o nível em que estavam os juros em março de 2020, no início da pandemia de Covid-19.

Como diversos países no mundo, os EUA estão sofrendo com a maior inflação em muito anos e têm usando de uma política monetária agressiva para tentar conter a escalada de preços. A elevação de hoje é a maior desde 1994.

“Estamos comprometidos em trazer a inflação para 2% ao ano”, disse Jerome Powell, presidente do Fed, em entrevista coletiva à imprensa após o anúncio.

(Mais informações em instantes)
Investir em quê? Encontre e compare investimentos de todo o mercado

Parceiro da Inteligência Financeira, o Investir em Quê? é sua fonte confiável para buscar onde investir com isenção, transparência e sem complicação


Você também pode gostar
Redação IF Atualizado em 30.jun.2022 às 18h54
Ibovespa cai 11,50% em junho no pior mês para o mercado local desde março de 2020

Índice perde 5,99% no primeiro semestre; destaque no pregão de hoje, Fleury disparou 16,1% após assinar acordo de fusão com Pardini, que subiu 18,99%

Redação IF Publicado em 30.jun.2022 às 17h13
S&P 500 registra pior primeiro semestre desde 1970, Nasdaq fecha trimestre com queda de 1%

O índice Nasdaq, que reúne empresas não financeiras e as de tecnologia, caiu mais de 20% nos últimos três meses, seu pior desempenho desde 2008

Redação IF Publicado em 30.jun.2022 às 15h17
Dólar apaga ganhos e fica abaixo dos R$ 5,20

Moeda americana chegou a R$ 5,27 na máxima do dia

Redação IF Publicado em 30.jun.2022 às 14h23