Mercado perdeu a confiança na Netflix, avalia Goldman Sachs

Banco cortou recomendação para venda das ações da empresa

43e0db2f-fea0-4308-bfb9-09f2a88f6ee4_what_is_netflix_1_en

O Goldman Sachs cortou a recomendação das ações da Netflix de neutro para venda, com a avaliação do banco americano que o mercado perdeu a confiança na pioneira do setor de streaming.

A redução acontece por causa da preocupação dos analistas com a alta da inflação nos Estados Unidos e o impacto que uma possível recessão de consumo terá na companhia em meio a um cenário de competição acirrado.

O banco destaca que a Netflix precisa mostrar recuperação para retomar a confiança e veem uma janela para isso acontecer nos próximos 6 a 12 meses. Mesmo assim, reduziram estimativas de receitas em 2022 e 2023.

Os analistas incorporaram uma redução leve na perspectiva de adição de novos assinantes em todas as regiões, mas veem uma maior receita por usuário nos Estados Unidos a partir de 2024.

As ações da Netflix caíam perto de 5% na Nasdaq, em Nova York, no final da manhã desta sexta-feira.

Com conteúdo VALOR PRO, o serviço de informação em tempo real do Valor Econômico


Você também pode gostar
Redação IF Atualizado em 30.jun.2022 às 18h48
Fleury compra Pardini e se aproxima da Dasa no setor de diagnóstico; fusão não altera perspectiva de crescimento, diz Itaú BBA

As ações da Pardini fecharam com alta de 18,99%, negociadas a R$ 19,99, e as da Fleury subiram 16,10%, cotadas a R$ 16,30

5 min
Redação IF Atualizado em 30.jun.2022 às 18h54
Ibovespa cai 11,50% em junho no pior mês para o mercado local desde março de 2020

Índice perde 5,99% no primeiro semestre; destaque no pregão de hoje, Fleury disparou 16,1% após assinar acordo de fusão com Pardini, que subiu 18,99%

1 min
Redação IF Atualizado em 30.jun.2022 às 19h10
S&P 500 registra pior primeiro semestre desde 1970, Nasdaq cai quase 30% no semestre

O índice Nasdaq, que reúne empresas não financeiras e as de tecnologia, caiu mais de 20% nos últimos três meses, seu pior desempenho desde 2008

4 min
Redação IF Publicado em 30.jun.2022 às 15h17
Dólar apaga ganhos e fica abaixo dos R$ 5,20

Moeda americana chegou a R$ 5,27 na máxima do dia

1 min
Redação IF Publicado em 30.jun.2022 às 14h23
4 min