Lucro da Petrobras pode passar de R$ 40 bi; empresa divulga balanço do 1º tri hoje

Expectativa é que a companhia também anuncie dividendos de até R$ 10 bilhões

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

A Petrobras divulga nesta quinta-feira (5) o resultado financeiros do primeiro trimestre. A expectativa dos analistas é que a estatal registre lucro líquido entre R$ 30 bilhões e R$ 40 bilhões entre janeiro e março deste ano. Será maior que o R$ 1,16 bilhão do mesmo período do ano passado, quando a empresa ainda sofria os impactos da pandemia.

Neste início de ano, apontam analistas, o resultado vai ser influenciado pelo forte aumento do preço do petróleo no mercado internacional, que chegou a encostar em US$ 140 por conta da guerra na Ucrânia.

Especialistas lembram que os maiores ganhos com o petróleo e a venda de derivados vão ajudar a aumentar o lucro da empresa neste início de ano, apesar do avanço de 1% no total da produção.

Desde janeiro, a estatal reajustou os preços do diesel e da gasolina duas vezes nas refinarias. No caso da gasolina, a alta chegou a 24,9%. No diesel, o aumento foi de 35% nas refinarias.

Dois reajustes no ano

O aumento nos preços desagradou a Jair Bolsonaro, que demitiu o então presidente da estatal, Joaquim Silva e Luna. Em seu lugar, foi nomeado José Mauro Coelho, ex-secretário de Petróleo e Gás do Ministério de Minas e Energia (MME).

Rafael Chacur, sócio da SFA Investimentos, diz que a estimativa para Petrobras é positiva. A estatal informou recentemente que a venda de derivados no primeiro trimestre teve alta de 2% em relação ao mesmo período do ano passado. O resultado foi influenciado pelo forte avanço da gasolina, com alta de 17,3%, e queda de 2,1% no caso do diesel.

“Apesar de volumes menores (no caso do diesel), acredito que, por conta valorização do petróleo, deveremos ver uma receita líquida em torno de R$ 150 bilhões, e uma geração de caixa operacional, medida pelo Ebitda, em torno de R$ 75 bilhões”, disse Chacur, destacando que prevê um lucro líquido de cerca de R$ 30 bilhões.

O Itaú BBA, por sua vez, prevê ganho de R$ 46,2 bilhões, maior que os R$ 35,8 bilhões previstos pelo Credit Suisse.

Em 2021, a estatal teve lucro recorde de R$ 106 bilhões, considerando o ano fechado. Parte do mercado financeiro aposta que a empresa possa anunciar dividendos entre US$ 5 bilhões e US$ 10 bilhões, com base nos resultados do ano passado.

A produção da empresa teve alta de 1,1% no primeiro trimestre deste ano em relação ao mesmo período do ano passado, para 2,796 milhões de barris de óleo equivalente por dia.

Especialistas destacam ainda que a venda da Refinaria na Bahia (antiga RLam), concluída no fim do ano passado, vai afetar parte das receitas no segmento.

Com conteúdo do jornal digital O Globo


Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 25.maio.2022 às 08h55
Inflação: pequenas mudanças driblam a disparada dos preços

Com regras simples, você vai tomar as melhores decisões para o seu bolso

Redação IF Publicado em 25.maio.2022 às 08h34
Bolsas europeias e futuros de NY têm alta moderada, antes da ata do Fed

À espera do documento, no pré-mercado em NY, o futuro do S&P 500 tinha leve alta de 0,06% e do Nasdaq avançava 0,18%

Redação IF Publicado em 25.maio.2022 às 07h48
Bolívia reduz envio de gás para o Brasil e custo pode subir

Produção boliviana tem sido direcionada para atender uma demanda maior da Argentina

Valor Econômico Publicado em 25.maio.2022 às 07h36
Após nova troca, ações da Petrobras caem

Investidor volta a analisar peso político, mas efeito na bolsa foi limitado por ativo ser considerado barato

Redação IF Atualizado em 24.maio.2022 às 19h58
‘Travamos o bom combate’, disse Coelho, por WhatsApp, em mensagem de despedida

Funcionários relatam clima de falta de rumo com demissão de José Mauro Coelho; indicado para o posto é Caio Paes de Andrade

Redação IF Atualizado em 24.maio.2022 às 18h18
ADRs da Petrobras recuam 3,8% em NY com troca no comando e data de corte de dividendos

Os recibos de ações (ADRs) referenciados nas ações ordinárias da Petrobras fecharam em queda de 3,80% na bolsa de Nova York

Glossário IF Publicado em 24.maio.2022 às 17h24
B3: como surgiu, qual é sua história, o que ela faz?

A Bolsa de Valores brasileira é uma das dez maiores do mundo e a maior da América Latina. Saiba mais no Glossário IF