Latam diz que garantiu financiamento para sair de recuperação judicial

Acordo agora depende de aprovação do tribunal em Nova York que conduz processo

Foto: Divulgação

A Latam anunciou que assegurou financiamento para sair do processo de recuperação judicial (Chapter 11) em andamento nos Estados Unidos. De acordo com a companhia aérea, o acordo contempla US$ 2,25 bilhões em emissão de dívida e US$ 500 milhões em uma nova linha de crédito rotativo.

O financiamento foi acertado com um consórcio de bancos que incluem o J.P. Morgan, Goldman Sachs, Barclays, BNP Paribas e Natixis. A companhia e as instituições já assinaram as cartas garantindo o montante.

A aérea diz que o financiamento será uma combinação de US$ 500 milhões em crédito rotativo e três empréstimos de US$ 750 milhões. O acordo também contempla US$ 1,17 bilhão via ferramenta DIP, que será concedido ainda durante a recuperação judicial.

A Latam diz que o acordo depende de aprovação do tribunal em Nova York que conduz seu processo de recuperação judicial. A companhia ainda aguarda a aprovação pela corte do seu plano de reorganização.

Com conteúdo VALOR PRO, o serviço de informação em tempo real do Valor Econômico


Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 18h00
Ibovespa tem sessão de alta liderada por Petrobras e sobe 0,29% na semana

Entre as baixas, se destacaram empresas do setor de minério de ferro devido à preocupação com a retomada da China

Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 17h45
Juros futuros fecham em queda, em linha com taxas dos títulos públicos globais

Medo de recessão nos EUA pesou mais do que riscos fiscais no Brasil

Papo de Finanças Atualizado em 02.jul.2022 às 08h21
Como as eleições interferem nos seus investimentos?

De alguma maneira, seu bolso será afetado pelas eleições do fim do ano. O que pode acontecer? Nina Silva explica

JOTA Publicado em 01.jul.2022 às 16h58
Semana política: PEC “vale-tudo” une governo e oposição por votos

Enquanto isso, em campanha, Lula acena a empresários e ao mercado, diz Fábio Zambeli, do JOTA

Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 15h28
Bilionários dão adeus a US$ 1,4 tri no 1º semestre; veja quem perdeu mais

A fortuna de Elon Musk caiu quase US$ 62 bilhões. Jeff Bezos viu sua riqueza diminuir em cerca de US$ 63 bilhões. O patrimônio líquido de Mark Zuckerberg foi reduzido em mais da metade

Redação IF Atualizado em 01.jul.2022 às 15h08
Efeito bumerangue: entenda como quem tem menos grana vai pagar, no futuro, a conta da ‘PEC Eleitoral’

Aumento de gastos tende a pressionar a inflação e prejudicam, principalmente, as pessoas de menor poder aquisitivo