CVM abre novo processo para analisar fatos envolvendo a Petrobras

Pressão política culminou na saída de José Mauro Coelho da presidência companhia

Foto: Geraldo Falcão/Agência Petrobras

A Comissão de Valores Mobiliário (CVM) abriu mais um processo nesta segunda-feira para analisar fatos envolvendo a Petrobras. A nova análise se dá após pressão do governo para que o então presidente da estatal, José Maurício Coelho, renunciasse ao cargo – o que ocorreu na manhã desta segunda-feira.

A autarquia do mercado de capitais não comenta casos específicos, mas confirmou que o tema é alvo de análise no processo administrativo 19957.006614/2022-48. Dados do site da CVM, mostram que o caso foi aberto na Gerência de Acompanhamento de Empresas 1 (GEA-1), da Superintendência de Relações com Empresas (SEP). A análise envolve “notícias, fatos relevantes e comunicados”.

Coelho vinha sendo pressionado a deixar o cargo, em especial após a decisão da Petrobras de reajustar a gasolina em 5,2% e o diesel em 14,2%, na sexta-feira. Além disso, durante o fim de semana, o presidente Jair Bolsonaro ameaçou a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a empresa.

Além disso, o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), subiu o tom em sua ofensiva contra a Petrobras por causa da recusa da empresa em segurar os preços dos combustíveis. Em um artigo publicado no jornal Folha de S. Paulo, o parlamentar chamou Coelho, agora ex-presidente, de “ilegítimo”, embora não mencionasse que o executivo tenha sido escolhido e indicado para comandar a estatal pelo próprio presidente Jair Bolsonaro.

Com conteúdo VALOR PRO, o serviço de informação em tempo real do Valor Econômico


Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 18h00
Ibovespa tem sessão de alta liderada por Petrobras e sobe 0,29% na semana

Entre as baixas, se destacaram empresas do setor de minério de ferro devido à preocupação com a retomada da China

1 min
Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 17h45
Juros futuros fecham em queda, em linha com taxas dos títulos públicos globais

Medo de recessão nos EUA pesou mais do que riscos fiscais no Brasil

1 min
Papo de Finanças Atualizado em 02.jul.2022 às 08h21
Como as eleições interferem nos seus investimentos?

De alguma maneira, seu bolso será afetado pelas eleições do fim do ano. O que pode acontecer? Nina Silva explica

JOTA Publicado em 01.jul.2022 às 16h58
Semana política: PEC “vale-tudo” une governo e oposição por votos

Enquanto isso, em campanha, Lula acena a empresários e ao mercado, diz Fábio Zambeli, do JOTA

2 min
Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 15h28
Bilionários dão adeus a US$ 1,4 tri no 1º semestre; veja quem perdeu mais

A fortuna de Elon Musk caiu quase US$ 62 bilhões. Jeff Bezos viu sua riqueza diminuir em cerca de US$ 63 bilhões. O patrimônio líquido de Mark Zuckerberg foi reduzido em mais da metade

4 min
Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 15h23
Track&Field anuncia programa de recompra de ações; conheça a estratégia

Muitos motivos levam uma empresa a realizar uma OPA, e você pode ganhar dinheiro com isso

6 min
Redação IF Atualizado em 01.jul.2022 às 15h08
Efeito bumerangue: entenda como quem tem menos grana vai pagar, no futuro, a conta da ‘PEC Eleitoral’

Aumento de gastos tende a pressionar a inflação e prejudicam, principalmente, as pessoas de menor poder aquisitivo

4 min