Banco do Brasil tem lucro ajustado recorde de R$ 6,6 bi no 1º tri; acima da projeção dos analistas

O resultado ficou acima da projeção dos analistas que era de R$ 5,6 bilhões

Agência bancária do Banco do Brasil (Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil)

O Banco do Brasil (BB) registrou lucro líquido ajustado de R$ 6,613 bilhões no primeiro trimestre, aumento de 11,5% frente ao quarto trimestre e de 34,6% em relação a igual período de 2021. O resultado ficou acima da projeção dos analistas ouvidos pelo Valor, de R$ 5,604 bilhões.

O lucro contábil foi de R$ 6,66 bi no primeiro trimestre, com alta de 24,4% no trimestre e de 57,6% em 12 meses.

Segundo a instituição, o resultado foi influenciado pela expansão de 5,6% da margem financeira bruta, pelo aumento de 9,4% das receitas de prestação de serviços, pelo incremento de 20,1% no resultado de participações em controladas, coligadas e joint venture e pelo aumento de 6% nas despesas administrativas.

A margem financeira bruta (MFB) totalizou R$ 14,522 bilhões no primeiro trimestre, crescimento de 3,6% em comparação ao quarto trimestre e de 5,6% na comparação com o primeiro trimestre de 2021. A carteira ampliada chegou a R$ 883,5 bilhões, com alta de 1% no trimestre e de 16,4% em 12 meses.

A inadimplência terminou março a 1,89%, de 1,75% em dezembro e 1,95% em março do ano anterior. As provisões para crédito de liquidação duvidosa (PCLD) ampliada, composta pela despesa de PCLD líquida da recuperação de crédito, descontos concedidos e imparidade, tiveram queda de 27,2% frente ao quarto trimestre, totalizando R$ 2,758 bilhões. Na comparação anual, houve aumento de 9,3%.

Já as receitas de prestação de serviços totalizaram R$ 7,525 bilhões no primeiro trimestre, retração de 3,8% na comparação trimestral e alta de 9,4% em 12 meses. As despesas administrativas totalizaram R$ 8,2 bilhões, recuo de 3,7% em relação ao trimestre anterior e alta de 6% na comparação anual.

Com conteúdo VALOR PRO, o serviço de informação em tempo real do Valor Econômico


Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 20.maio.2022 às 11h01
Bolsas de NY apontam para recuperação na sessão desta sexta

Mercado americano vem de dois pregões seguidos de queda

3 min
Manhã Inteligente Publicado em 20.maio.2022 às 10h40
ETFs de renda fixa, privatização da Eletrobras, queda de lucro de empresas

Isabella Carvalho e Caio Camargo falam sobre esses e outros assuntos que podem afetar seus investimentos nesta sexta (20)

Redação IF Publicado em 20.maio.2022 às 08h16
Bolsas asiáticas fecham em alta após China cortar taxa de juros

Mesmo assim, os investidores seguem atentos à perspectiva de aumento dos juros nos EUA

3 min
Redação IF Publicado em 20.maio.2022 às 08h09
Fundos de ações de Petrobras e Vale renderam até 25 vezes mais que o FGTS desde o lançamento

Trabalhador poderá usar dinheiro do fundo de garantia para comprar ações da Eletrobras

2 min
Redação IF Atualizado em 19.maio.2022 às 13h41
Bolsas americanas perdem US$ 1,5 tri em um dia, e índices operam em queda nesta quinta

Temor de inflação global maior e recessão nos EUA leva nervosismo aos mercados. Na Europa, pregões operam em queda de mais de 2%

1 min