Americanas perdeu quase R$ 1 bi com ataque de hackers

Plataforma da empresa ficou fora do ar durante dias no fim de fevereiro

Foto: Divulgação/Shopping Jardim Norte

A Americanas perdeu em vendas R$ 923 milhões por conta da paralisação de seus sites e aplicativos após o ataque de hackers à companhia no fim de fevereiro. Foram cerca de cinco dias de operação instável ou com as plataformas da empresa fora do ar. O número consta no relatório de resultados do grupo na linha “incidente de segurança (perda de venda)”.

O valor está acima de projeções de consultores que fizeram estimativas com base em vendas passadas da companhia, e a Americanas vem crescendo neste ano de forma mais acelerada.

Em teleconferência com analistas neste início de tarde, a empresa citou a questão, referindo-se à divulgação do dado em seu balanço, e afirmou ainda que, após a retomada da operação dos sites e “apps”, o fluxo de compradores cresceu rapidamente, sinalizando a força dos canais, disse o diretor Raoni Lapagesse, em teleconferência com analistas.

Ainda segundo ele, a empresa tem registrado, desde o terceiro trimestre, uma aceleração acima do ritmo de crescimento de seus concorrentes e a companhia tem se beneficiado de um portfólio de produtos mais resistentes à crise (a Americanas tem uma venda de alimentos e bebidas).

Analistas têm lembrado que a base de comparação da Americanas vem crescendo, o que torna a expansão deste ano um destaque do balanço (as vendas totais do primeiro trimestre do ano passado subiram 90%).

“Somos menos dependentes de tíquetes altos e no primeiro trimestre, já com inflação e juros mais altos, conseguimos crescer, mesmo com o incidente de segurança, acima de outros ‘players’”, disse ele.

As vendas totais, incluindo lojas físicas e digital, cresceram 21,7% de janeiro a março. Ao considerar só as vendas transacionadas no comércio eletrônico, a alta foi de 20%. O Mercado Livre expandiu-se 23% em termos de vendas da plataforma (só on-line) no país.

Com conteúdo VALOR PRO, o serviço de informação em tempo real do Valor Econômico


Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 25.maio.2022 às 10h10
Ibovespa tem tendência de queda com inflação e Petrobras se mantendo no radar

Investidores aguardam a divulgação da ata da última reunião do Fed

3 min
Redação IF Publicado em 25.maio.2022 às 08h34
Bolsas europeias e futuros de NY têm alta moderada, antes da ata do Fed

À espera do documento, no pré-mercado em NY, o futuro do S&P 500 tinha leve alta de 0,06% e do Nasdaq avançava 0,18%

3 min
Valor Econômico Publicado em 25.maio.2022 às 07h36
Após nova troca, ações da Petrobras caem

Investidor volta a analisar peso político, mas efeito na bolsa foi limitado por ativo ser considerado barato

5 min
Redação IF Atualizado em 24.maio.2022 às 19h58
‘Travamos o bom combate’, disse Coelho, por WhatsApp, em mensagem de despedida

Funcionários relatam clima de falta de rumo com demissão de José Mauro Coelho; indicado para o posto é Caio Paes de Andrade

3 min
Redação IF Atualizado em 24.maio.2022 às 18h18
ADRs da Petrobras recuam 3,8% em NY com troca no comando e data de corte de dividendos

Os recibos de ações (ADRs) referenciados nas ações ordinárias da Petrobras fecharam em queda de 3,80% na bolsa de Nova York

1 min