Twitter cai pelo terceiro dia seguido, após Musk divulgar compromissos para a compra

Ações acumulam queda de 6,2% com o receio de que o bilionário reduza o preço da oferta

Foto: Mike Blake/Reuters

As ações do Twitter caíram 1,5% na Bolsa de Nova York nesta terça-feira (10) e acumulam desvalorização de 6,2% em meio a uma sequência de três dias de perdas, apesar das garantias do diretor-presidente da Tesla, Elon Musk, de que ele tem compromissos de financiamento para sua oferta de compra.

Quando Musk divulgou os compromissos antes da abertura no dia 5 de maio, as ações saltaram 2,7% naquele dia, mas ainda fecharam 7,1% abaixo do preço de compra acordado de US$ 54,20.

A ação está atualmente 12,9% abaixo do preço de oferta. O maior fechamento da ação desde que a oferta foi anunciada foi de US$ 51,70 em 25 de abril, o dia em que o Twitter concordou em ser adquirido, mas mesmo assim foi 4,6% abaixo do preço da oferta.

Na segunda-feira, as ações caíram 3,7% depois que a Hindenburg Research divulgou um relatório dizendo que há um risco substancial de que Musk reduza seu preço de oferta. Segundo o relatório, se Musk retirar sua oferta de compra do Twitter, as ações cairiam 50% em relação aos níveis atuais.

“Consequentemente, vemos um risco significativo de que o negócio seja revalorizado mais baixo”, disse o relatório da Hindenburg Research. Apesar da fraqueza pós-licitação, as ações ainda subiram 9,2% no ano, enquanto as ações da Tesla caíram 25,3% e o S&P 500 caiu 16,6%.

Com conteúdo VALOR PRO, o serviço de informação em tempo real do Valor Econômico


Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 20.maio.2022 às 08h16
Bolsas asiáticas fecham em alta após China cortar taxa de juros

Mesmo assim, os investidores seguem atentos à perspectiva de aumento dos juros nos EUA

Redação IF Publicado em 20.maio.2022 às 08h09
Fundos de ações de Petrobras e Vale renderam até 25 vezes mais que o FGTS desde o lançamento

Trabalhador poderá usar dinheiro do fundo de garantia para comprar ações da Eletrobras

Redação IF Atualizado em 19.maio.2022 às 13h41
Bolsas americanas perdem US$ 1,5 tri em um dia, e índices operam em queda nesta quinta

Temor de inflação global maior e recessão nos EUA leva nervosismo aos mercados. Na Europa, pregões operam em queda de mais de 2%

Redação IF Publicado em 19.maio.2022 às 10h53
Como o trabalhador poderá usar o FGTS para comprar ações da Eletrobras

Tipo de investimento já foi feito anteriormente em vendas de ações da Petrobras e da Vale