Powell diz que o Fed pode aumentar as taxas em 0,75 ponto percentual novamente em julho

O banco central dos EUA elevou nesta quarta-feira as taxas básicas de juros para uma faixa de 1,5% a 1,75%, aumento mais agressivo desde 1994

Jerome Powell, presidente do Federal Reserve (Foto: Saul Loeb/AFP)

O presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA), Jerome Powell, disse nesta quarta-feira que o Fed pode aumentar as taxas de juros em uma magnitude semelhante na próxima reunião de política monetária em julho, como fez em junho.

“Da perspectiva de hoje, um aumento de 50 pontos base ou 75 pontos base parece mais provável em nossa próxima reunião”, disse Powell em entrevista coletiva após a decisão de política do banco central. “Antecipamos que os aumentos contínuos das taxas serão apropriados.”

“O ritmo dessas mudanças continuará a depender dos dados recebidos e das perspectivas em evolução da economia”, disse Powell. “Claramente, o aumento de 75 pontos base de hoje é incomumente grande, e não espero que movimentos desse tamanho sejam comuns.”


Você também pode gostar
Manhã Inteligente Publicado em 30.jun.2022 às 12h06
PIB dos Estados Unidos, investimentos em debêntures, golpes financeiros

Isabella Carvalho e Ítalo Martinelli comentam esses e outros assuntos que podem afetar seu bolso nesta quinta (30)

Redação IF Atualizado em 30.jun.2022 às 10h53
Inflação com consumo nos EUA sobe 0,6% em maio; ativos domésticos são pressionados pelo cenário mais adverso no exterior

O Ibovespa tem forte queda enquanto o dólar opera em alta ante o real no início desta quinta-feira