‘Operação tartaruga’ no Porto de Santos afeta liberação de trigo e pode deixar pão mais caro

Auditores de todo o Brasil têm diminuído o ritmo de trabalho de forma a pressionar o governo federal a atender às demandas da categoria

Foto: Simone Marinho/O Globo

O atraso na liberação de trigo no Porto de Santos (SP) está sendo causado pelo acúmulo de outras mercadorias desembarcadas, segundo o Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Sindifisco). Desde o início do ano, auditores de todo o Brasil têm diminuído o ritmo de trabalho de forma a pressionar o governo federal a atender às demandas da categoria.

“Acreditamos que a explicação mais provável para a demora na liberação do trigo seja um efeito cascata causado pelo acúmulo de outras mercadorias, como peças de automóveis e eletrodomésticos, o que está acarretando uma possível falta de local para o armazenamento do grão no Porto de Santos”, disse o Sindifisco, em comunicado divulgado no domingo.

Na nota, a entidade lembra que o Sindicato da Indústria do Trigo do Estado (Sindustrigo) de São Paulo manifestou recentemente “preocupação com as 38 mil toneladas de trigo que se encontram retidas” no terminal. Segundo os representantes da indústria do setor, a demora pode levar a aumento do preço do pão no Estado.

O Sindifisco afirma, por sua vez, “que medicamentos, cargas vivas, fornecimento de consumo de bordo e perecíveis de curta duração continuam sendo liberados normalmente” pelos auditores. “Mercadorias que não estiverem dentro dessas classificações estão levando cerca de 20 dias para serem liberadas em vez das costumeiras 24 horas”, diz.

A entidade representante dos auditores diz também “que prejudicar a sociedade e o país não é e nunca foi a nossa intenção”. Mas afirma que “a situação na Receita Federal não pode permanecer como está”. Desde o fim do ano passado, a categoria vem pedindo a regulamentação de um bônus de produtividade, aprovado em 2017, e recomposição do orçamento da autarquia.

Com conteúdo VALOR PRO, o serviço de informação em tempo real do Valor Econômico


Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 20.maio.2022 às 11h04
Dólar cai até R$ 4,89 e juros futuros oscilam perto da estabilidade

Moeda americana se desvaloriza em todo o mundo nesta manhã

Redação IF Publicado em 20.maio.2022 às 11h01
Bolsas de NY apontam para recuperação na sessão desta sexta

Mercado americano vem de dois pregões seguidos de queda

Redação IF Publicado em 20.maio.2022 às 09h28
Rio ou São Paulo: onde o aluguel é mais barato?

Se for para investir, cuidado. Até a poupança tem rentabilidade melhor do que a locação

Redação IF Publicado em 20.maio.2022 às 08h16
Bolsas asiáticas fecham em alta após China cortar taxa de juros

Mesmo assim, os investidores seguem atentos à perspectiva de aumento dos juros nos EUA

Redação IF Publicado em 20.maio.2022 às 08h09
Fundos de ações de Petrobras e Vale renderam até 25 vezes mais que o FGTS desde o lançamento

Trabalhador poderá usar dinheiro do fundo de garantia para comprar ações da Eletrobras

Gustavo Zanfer Atualizado em 19.maio.2022 às 14h51
Como montar uma carteira de longo prazo?

É difícil, mas é importante ter uma estratégia financeira para daqui a alguns anos

Redação IF Atualizado em 19.maio.2022 às 16h01
Dólar comercial renova mínima com fraqueza da moeda no exterior

O movimento reflete o enfraquecimento da moeda americana frente outras divisas emergentes